Publicado 14/01/2020 - 10h07 - Atualizado 14/01/2020 - 10h07

Por Da Agência Anhanguera

Preso homem que matou o pai e atirou em mulher

Divulgação/Polícia Militar

Preso homem que matou o pai e atirou em mulher

A Polícia Militar de Itupeva prendeu ontem um homem acusado de ter matado o pai e atirado contra a companheira, que foi encaminhada ao hospital em estado grave. De acordo com a Polícia, o operador de máquinas Bruno Csizmadia, de 27 anos, brigava com a companheira, quando seu pai José Fernandes Csizmadia, de 78 anos, foi separar os dois. Na briga, o idoso acabou sendo atingido com um tiro na cabeça. A moça foi ferida no tórax.
Os crimes aconteceram por volta das 2h30 da madrugada de ontem, quando policiais do 11º Batalhão da Polícia Militar do Interior foram acionados pelo Copom (Centro de Operações da Policia Militar) para atendimento de ocorrência em que testemunhas ouviram vários disparos de arma de fogo, com duas vítimas, no bairro da Mina.
Os policiais relataram que, ao chegarem ao local, um homem foi em direção à guarnição, "demonstrando muito nervosismo", sendo identificado como o autor dos disparos. Os policiais contaram que, no terreno, onde existem várias casas da família, foi encontrada uma mulher ferida na região do tórax. Logo em seguida, os policiais localizaram um idoso ferido com tiro na cabeça, já sem vida.
O autor dos disparos informou aos policiais militares que se desentendeu com a companheira de 23 anos e deu um tiro no tórax da vítima. Ao ouvir o disparo, o pai do autor, um idoso de 78 anos, decidiu intervir no conflito e sofreu um tiro na cabeça, morrendo no local. O idoso era armeiro e possuía diversas armas na residência, que foram apreendidas. A mulher — nome não foi divulgado — foi socorrida no hospital de Itupeva em estado grave, sendo estabilizada e transferida ao Hospital São Vicente de Paulo, em Jundiaí, onde permanecia internada até o final da tarde de ontem.

Escrito por:

Da Agência Anhanguera