Publicado 01/02/2020 - 06h00 - Atualizado 31/01/2020 - 14h31

Por Do Correio

Todo o lixo é despejado no Jardim Santana

Reprodução

Todo o lixo é despejado no Jardim Santana

TODO O LIXO NO BAIRRO JARDIM SANTANA
O lixo, que já foi solução para um dos mais sérios problemas do Jardim Santana, é hoje uma ameaça constante à saúde de grande parte dos moradores daquele bairro, que depois de verem com satisfação, desaparecer a boçoroca que corroía o centro do núcleo, enfrentam atualmente outro aspecto da questão: os detritos amontoados sem muita técnica, transformaram-se num foco de insetos, ratos e mau cheiro insuportáveis. Há alguns anos, a população daquele bairro desenvolveu campanha junto aos poderes públicos e através dos jornais, solicitando um estudo e atendimento técnico para uma gigantesca boçoroca que corroía a praça principal do bairro, ameaçando os prédios vizinhos e inutilizando um terreno que poderia servir à instalação de uma escola, antiga reivindicação do Jardim Santana.
 
GUARNIÇÃO MILITAR DESBARATA GRUPO SUBVERSIVO
A Guarnição Militar de Campinas, através do 5.o GCAN e do 1.o BCCL desbaratou em setembro uma rede de subversão que começava a formar-se na cidade e região, proveniente de São Paulo e Santo André, onde os lideres do movimento tinham seu Quartel General, e de onde saiam as diretrizes para aplicação do sistema no interior, numa campanha de alastramento que já chegava a Sumaré e Capivarl, pretendendo atingir rapidamente, todo o setor geo-econômico sediado em Campinas. Objetivo: tomada do poder, e transformação total da ordem sócio-política, para implantação do regime da República Popular da China no país.
 
OS EUA CONSTRUIRÃO NOVAS INSTALAÇÕES ANTIBALÍSTICAS
O Presidente Nixon decidiu proteger os Estados Unidos contra a ameaça que possam supor, dentro de alguns anos, os projeteis chineses intercontinentais, declarou, ontem, o próprio mandatário, em entrevista à imprensa. Para isto Richard Nixon aprovou, ontem, a construção de novas instalações anti-balísticas, bases que, precisou o chefe do executivo norte-americano, serão destinadas a proteção de grandes centros urbanos do país contra a ameaça de que possam significar, dentro de alguns anos, os foguetes balísticos intercontinentais da China.

Escrito por:

Do Correio