Publicado 07/01/2020 - 06h00 - Atualizado 06/01/2020 - 13h36

Por Do Correio

Alunos durante o vestibular

Reprodução

Alunos durante o vestibular

CESCEM: PROSSEGUE O MAIOR VESTIBULAR
Com os mesmos 1080 candidatos que fazem os exames do CESCEM em Campinas, prosseguiram ontem as provas do ciclo de vestibulares com o exame mais difícil até agora: Física. Como das vezes anteriores não houve problemas de espécie alguma, todos os vestibulandos estavam na hora certa e com a documentação em ordem, já nos pátios dos dois colégios, Culto à Ciência e "Barão de Ataliba Nogueira" onde a Fundação Carlos Chagas desenvolve as provas. A prova de hoje é Conhecimentos Gerais, encarada com respeito, pelos vestibulandos que disputam as vagas de 18 carreiras: Medicina Veterinária, Farmácia, Bioquímica, Odontologia, Biologia, Enfermagem, Agronomia, Engenharia, Matemática, Física, Estatística, Química, Tecnologia de Alimentos, Geologia, Psicologia, Especialidades Paramédicas, e Ciências de Computação.
 
COMEÇA EM CAMPINAS A CURA DO CÂNCER
Uma pesquisa séria, realizada pelo catedrático de Fisiologia da Universidade Católica prof. dr. Fernando de Pádua Castro Mundt, abre em Campinas uma nova frente de luta na guerra contra o câncer. Experimentando uma droga já conhecida, a Ilidralazina (hipotensor retirado do mercado por efeitos colaterais violentos, agora controláveis) em cobaias onde o câncer fora provocado conseguiu fazer com que tumores malignos, do tipo Sarcoma regredissem e finalmente desaparecessem. Nas provas, era uma cura de câncer que se obtinha. Agora os testes vão continuar, com novos tipos de tumores, em animais maiores, de maneiras diferentes.
 
VIOLENTOS BOMBARDEIOS NO CANAL DE SUEZ
As forças aéreas egípcias bombardearam esta manhã, durante uma hora, quatro posições israelenses do norte e do sul do Canal de Suez, anunciou um porta-voz militar egípcio. Os bombardeiros egípcios atacaram os israelenses em El Kantara e El Chatt. Em El Kantara, atacaram concentrações de veículos blindados israelenses, provocando "importantes perdas em homens e material". De acordo com o porta-voz, depósitos israelenses de munições foram presa das chamas. Na região de El Chatt, no sul do Canal, os aviões egípcios atacaram veículos israelenses, causando-lhes também, segundo o informante, graves perdas.

Escrito por:

Do Correio