Publicado 26/12/2019 - 10h13 - Atualizado 26/12/2019 - 10h14

Por Carlos Rodrigues


Cedoc/RAC

Um dos jogadores que mais vestiram a camisa do Guarani nos últimos anos, Lenon não atuará mesmo pelo clube em 2020. Indicado pelo técnico Marcelo Chamusca, com quem trabalhou no Brinco de Ouro em 2016, o lateral-direito é o novo reforço do Cuiabá. O vínculo ainda não foi assinado porque o contrato com o Bugre termina na terça-feira, mas o jogador foi anunciado oficialmente pelo clube mato-grossense e é aguardado na reapresentação marcada para o dia 3 de janeiro.
Lenon estava na lista de atletas com os quais Thiago Carpini pretendia contar na próxima temporada, mas a proposta de renovação feita pelo Guarani foi menor do que a de outros times — especula-se que a diferença no valor pedido pelo atleta e oferecido pelo clube foi de R$ 10 mil. Como o Bugre não se mostrou disposto a fazer essa valorização salarial, o empresário do jogador abriu conversas com o Cuiabá e definiu o acerto. No clube desde 2015 (a exceção foi o período de seis meses do ano passado em que esteve emprestado ao Vasco), o lateral-direito disputou 164 partidas pelo Bugre.
Sem contar com Lenon, o Guarani vai ao mercado em busca de reposição na lateral-direita, já que o único do elenco para a função é Bruno Souza. O clube segue trabalhando na tentativa de contratar mais peças e espera confirmar novidades em breve. Além disso, existe a expectativa pelas renovações com o zagueiro Luiz Gustavo, o volante Igor Henrique e o meia Lucas Crispim. A reapresentação do grupo está confirmada para sexta-feira da semana que vem. 

Escrito por:

Carlos Rodrigues