Publicado 14/12/2019 - 12h17 - Atualizado 14/12/2019 - 12h17

Por Da Agência Anhanguera

Evento marca o início de curso de engenharia

Divulgação

Evento marca o início de curso de engenharia

Para oficializar a abertura do curso de Engenharia Mecânica da Universidade Presbiteriana Mackenzie (UPM), Campus Campinas, na próxima terça-feira, entre 9h e 14h, a universidade abre as portas para a população, imprensa e vestibulandos conhecerem, gratuitamente, o carro elétrico Mini Baja desenvolvidos pelos alunos de Engenharia da UPM de São Paulo.
A competição Shell Eco-marathon desafia estudantes de todo o mundo a projetarem, construírem e pilotarem veículos mais eficientes em termos de energia. O carro elétrico da UPM foi o vencedor da última edição do Shell Eco-marathon Brasil 2019, realizado nos dias 16 a 19 de setembro, nos Armazéns 2 e 3 do Pier Mauá, no Centro da Cidade do Rio de Janeiro.
Luiz Vicente, engenheiro e coordenador do curso de Engenharia Mecânica da UPM Campinas, comenta que a construção de um carro elétrico é possível devido à sinergia dentre as diferentes engenharias. “A engenharia elétrica, de produção e mecânica trabalham em conjunto para encontrar as melhores soluções para reduzir o consumo de combustíveis fósseis, mas sem perder eficiência e segurança. Aqui na universidade vamos mostrar um carro elétrico campeão no circuito de economia de combustível, no entanto, trata-se de protótipo de engenharia que, em breve, essa tecnologia estará mais presente do que imaginamos”, diz.
A equipe MecMack, da Engenharia, levou para a disputa um carro à bateria elétrica que atingiu o resultado de 259,3 km/kWh e foi o vencedor da categoria. “Outro grande diferencial do carro é que ele contém um painel feito com smartphones que, devido à alguns sensores espalhados pelo veículo, trazem informações sobre velocidade, velocidade média, consumo etc”, destaca Vicente.
Na ocasião, alunos e professores estarão disponíveis para explicar as etapas de produção dos carros, esclarecer dúvidas e apontar as inovações tecnológicas da indústria automobilística que farão parte das ruas nos próximos anos, sobretudo, o cenário geral dos carros elétricos.
Agora, a equipe se prepara para a edição Américas da competição, que será realizada no primeiro semestre de 2020, nos Estados Unidos, na cidade de São Francisco.
Mini Baja
Os visitantes também poderão conhecer de perto o mecanismo e a performance do Mini Baja, também projetado e construído pelos próprios alunos de engenharia da UPM. “Trata-se de um protótipo de estrutura tubular em aço, monoposto, para uso fora-de-estrada, com quatro ou mais rodas e motor padrão de 10 HP, que transportam pessoas com até 1,90 m de altura e com até 113,4 kg. Os sistemas de suspensão, transmissão e freios, assim como o próprio chassi, são desenvolvidos pelas equipes”, conclui Vicente.

Escrito por:

Da Agência Anhanguera