Publicado 14/12/2019 - 09h53 - Atualizado 14/12/2019 - 09h53

Por Daniel de Camargo

O lançamento da campanha

Wagner Souza/AAN

O lançamento da campanha "Eu Amo Campinas" ocorreu ontem, no Balão do Castelo: outras intervenções estão previstas para 2020

O prefeito de Campinas, Jonas Donizette (PSB), lançou ontem a campanha "Eu Amo Campinas". O projeto prevê a instalação de 20 letreiros com a frase que dá nome à iniciativa em pontos turísticos, importantes e históricos do Município. O primeiro, custeado em torno de R$ 51 mil pela Sociedade de Abastecimento de Água e Saneamento (Sanasa), foi inaugurado na Torre do Castelo — espaço que pertence à empresa municipal —, uma das maravilhas da cidade. Em 2020, os demais 19 serão implantados com recursos da Secretaria de Cultura, totalizando um investimento aproximado de R$ 1 milhão.
Jonas esclareceu que a ação visa estreitar a relação do campineiro com o Município e incentivar o turismo. Campinas, afirma, tem muitos desafios de infraestrutura a serem resolvidos por ser uma cidade muito grande. Contudo, o chefe do Executivo crê que a população tem um grande amor e sente isso, principalmente, quando precisa se ausentar daqui. "Temos quase tudo que São Paulo tem, mas sem os problemas que eles têm. Apesar de dizerem que nosso trânsito é parecido com o deles, está longe disso", comentou.
A empatia por Campinas se estende também para aqueles que não nasceram aqui, como ele, mineiro de Monte Belo, que fica a cerca de 400km da capital Belo Horizonte. Quem gosta de Campinas, entende, ajuda a Administração Municipal a melhorá-la. Agora, todos terão locais para externar essa paixão. "Hoje, todos têm uma máquina fotográfica no bolso, dentro do celular", acrescentou. A opção por iniciar com a Torre do Castelo, esclareceu, está ligada à tradição do espaço. No passado, mencionou Jonas, "era um ponto de encontro da juventude e marcou a história de muita gente".
Entre os próximos pontos a receber os letreiros estão a Lagoa do Taquaral, a Estação Cultura e a Pedreira do Chapadão. Alguns, detalhou o prefeito, foram previamente escolhidos. Outros devem ser selecionados por voto popular mediante enquete no site da Prefeitura.
Ao colocar em pontos estratégicos, reforça, automaticamente serão difundidas informações à população sobre importantes atributos da cidade. Jonas informou que alguns artistas serão chamados por meio da Secretaria de Cultura para confeccionar os próximos letreiros. "Eles não serão iguais: cada artista tem uma visão. Ficará a critério da criatividade", disse. O prefeito declarou, entretanto, que o custo-benefício será considerado conforme o recebimento das propostas.
O projeto é desenvolvido com a participação da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Social e de Turismo. Responsável pela Pasta, André von Zuben parafraseou Jonas dizendo que a Prefeitura precisa fazer obras para melhorar a vida dos cidadãos, porém, necessita também de atitudes como esta que aprimoram valores, princípios e conceitos. "Hoje (ontem), estamos fazendo algo simbólico e muito forte, que é o manifestar do amor por Campinas", contextualizou.

Escrito por:

Daniel de Camargo