Publicado 19/11/2019 - 09h41 - Atualizado 19/11/2019 - 09h41

Por Carlos Rodrigues

Thiago Carpini vibra após a vitória sobre o Operário: ano salvo

Luciano Claudino/EC

Thiago Carpini vibra após a vitória sobre o Operário: ano salvo

Depois de passar rodadas na lanterna e ser considerado como virtual rebaixado, o Guarani deu a volta por cima, conseguiu uma recuperação impressionante no segundo turno e garantiu a permanência na Série B no sábado, após derrotar o Operário e contar com o tropeço do Londrina. Na 11ª colocação, o Bugre vai apenas cumprir tabela nos últimos dois jogos e, por isso, a ideia agora é começar a se concentrar no planejamento para o ano que vem. Entre as prioridades para 2020 está a efetivação do técnico Thiago Carpini e o anúncio do novo superintendente de futebol.
A sequência de trabalho do treinador, um dos protagonistas da reação da equipe, depende apenas dos últimos acertos e da assinatura do contrato. Carpini receberá uma proposta de valorização salarial e a dúvida ainda é sobre a duração do vínculo - se apenas para o Campeonato Paulista ou válido para toda a temporada. "A primeira meta era salvar nosso ano e garantir 2020. O mais importante era a permanência do Guarani. Agora vamos sentar e resolver o futuro de todos nós. Já me sinto com dever cumprido, agradecido pela oportunidade e confiança. O futuro a Deus pertence", disse Carpini.
O presidente do Guarani, Ricardo Moisés, exaltou o trabalho da comissão técnica e do elenco, e sinalizou que a situação do comandante será resolvida o quanto antes. "O Carpini comandou esse time com excelência e a entrega e superação dos jogadores merecem todos os aplausos. Só temos que agradecer o que fizeram pelo Guarani. A permanência na Série B era muito importante", destacou. "Sobre o Carpini, vamos conversar. Tem tudo pra gente acertar. Ele é de casa e tem uma identificação muito grande com o clube".
Outra das decisões envolve a escolha do novo superintendente de futebol do clube. Embora no dia 2 de dezembro seja dada sequência a assembleia de sócios que vai discutir a possibilidade de impeachment do Conselho de Administração, a ideia é confirmar o nome do responsável pela montagem do elenco para o ano que vem. Sidiclei Menezes, que inclusive esteve em Campinas acompanhando jogos do Guarani recentemente, segue como o mais cotado para assumir o cargo.

Escrito por:

Carlos Rodrigues