Publicado 09/10/2019 - 15h27 - Atualizado 09/10/2019 - 15h27

Por France Press

Dembélé vai perder a próxima partida do Barça contra o Eibar no dia 19 de outubro, assim como o clássico do campeonato espanhol contra o Real Madrid

AFP

Dembélé vai perder a próxima partida do Barça contra o Eibar no dia 19 de outubro, assim como o clássico do campeonato espanhol contra o Real Madrid

O atacante francês do Barcelona, Ousmane Dembélé, vai perder o próximo clássico do campeonato espanhol contra o Real Madrid no dia 26 de outubro depois de ser sancionado com duas partidas de suspensão por menosprezar o árbitro na partida do último fim de semana contra o Sevilla.
O Comitê de Competição, órgão disciplinar da Federação Espanhola de Futebol (RFEF) anunciou nesta quarta-feira a sanção de duas partidas para Dembélé por se dirigir de maneira inapropriada ao árbitro do jogo e receber um cartão vermelho direto.
O juiz Antonio Mateu Lahoz relatou que na partida em que o Barcelona venceu o Sevilla por 4 a 0, Dembélé "foi expulso pelo motivo seguinte: Dirigir-se a mim nos seguintes termos: 'Muito ruim, você é muito ruim', enquanto gesticulava com seus braços a uma pequena distância de mim".
Desta maneira, Dembélé vai perder a próxima partida do Barça contra o Eibar no dia 19 de outubro, assim como o clássico do campeonato espanhol contra o Real Madrid no dia 26 de outubro, pela 10ª rodada da Liga.
O Barcelona já advertiu em um comunicado que "decidiu recorrer das sanções impostas pelo Comitê de Competição tanto contra Ousmane Dembélé como contra Ronald Araújo após as respectivas expulsões no segundo tempo do Barça-Sevilla do último domingo".
O jovem zagueiro central uruguaio Ronald Araújo também recebeu um cartão vermelho por derrubar Javier 'Chicharito' Hernández "impedindo com isso uma clara chance de gol", segundo a súmula do jogo.
Araújo foi punido com uma partida de suspensão por essa expulsão, enquanto que Gerard Piqué também foi suspenso por acúmulo de cartões amarelos.
Os dois vão perder a partida contra o Eibar.

Escrito por:

France Press