Publicado 10/10/2019 - 18h01 - Atualizado 10/10/2019 - 18h01

Por Divulgação

A aula de Yoga é gratuita e acontece na Concha Acústica do Taquaral

Divulgação

A aula de Yoga é gratuita e acontece na Concha Acústica do Taquaral

Para divulgar em Campinas a importância dos cuidados paliativos, o Grupo SOnHe – Sasse Oncologia e Hematologia -, realiza nesta sexta-feira (11), na Concha Acústica do Taquaral, das 7h às 16h, uma ação para desmistificar a prática com oncologistas e paliativistas. Às 15h, um aulão de Yoga gratuito será oferecido para a população. O evento, que tem o apoio da Secretaria de Esportes de Campinas e parceria com grupos de Yoga da cidade, acontece em celebração ao Dia Mundial de Cuidados Paliativos, que é comemorado no segundo sábado do mês de outubro.
“Prevenir, manejar e aliviar os sofrimentos envolvidos, sejam eles de qualquer origem, oferecendo suporte integral ao paciente e aos seus familiares. Estes são os principais objetivos dos cuidados paliativos. A abordagem entende que não é só o corpo que sofre, mas também a alma, o coração e que tudo está interligado, compondo o ser humano no seu todo. No caso do câncer – assim como o seu tratamento – a doença pode ser acompanhada de diversas formas de desconfortos, impactando diretamente a qualidade de vida de quem enfrenta a doença”, explica Fernanda Proa, oncologista paliativista do Grupo SOnHe.
De acordo com a médica, oferecer yoga para toda população – atividade comprovadamente eficaz para o bem-estar geral do corpo – é uma forma de conscientizar sobre a importância do cuidado paliativo no tratamento médico recebido, seja ele no sistema público ou no privado, e também, divulgar o trabalho aplicado pelos paliativistas.
“Uma pesquisa com pacientes com câncer de mama realizada pelo MD Anderson Cancer Center, da Universidade do Texas, mostrou que a prática de yoga reduziu os níveis de cortisol (hormônios do estresse), promoveu a melhora no funcionamento do organismo como um todo, aumentou a capacidade de executar as tarefas do dia a dia, reduziu o cansaço e fez com que as pacientes ‘encarassem’ a doença com menos sofrimento. Ainda segundo o estudo, a prática da atividade estimulou a produção de um neurotransmissor conhecido como GABA, ligado à depressão e a outros transtornos de ansiedade, quando em baixos níveis”, afirma Fernanda.
Para participar da aula de yoga não há necessidade de inscrição prévia, basta comparecer com tapete ou toalha na Concha Acústica do Taquaral (Avenida Heitor Penteado, 1671 – Taquaral - portão 2), às 15h

Escrito por:

Divulgação