Publicado 09/09/2019 - 17h21 - Atualizado 09/09/2019 - 17h41

Por Kátia Camargo

Com um rico patrimônio histórico, cidade conserva o passado, valoriza a arte contemporânea e ganha destaque no cenário cultural paulista

Divulgação

Com um rico patrimônio histórico, cidade conserva o passado, valoriza a arte contemporânea e ganha destaque no cenário cultural paulista

Quem visita Itu achando que a cidade é famosa somente pelos “exageros”, por conta do personagem Simplício, da Praça da Alegria, que fazia sempre questão de exaltar sua cidade, se surpreenderá ao conhecer a riqueza cultural e histórica que o município abriga, um patrimônio bem diferente dos elementos gigantes, um sinal de trânsito e um orelhão, que viraram marcas registradas no centro do município.
Distante apenas 55 quilômetros de Campinas, Itu vem ganhando destaque no cenário cultural paulista desde 2012, ano em que a cidade virou sede do museu Fábrica de Arte Marcos Amaro, instalado em uma área de 25 mil metros quadrados, onde, no século XIX, funcionou a Fábrica São Pedro, importante pólo da indústria têxtil.
Conhecido como museu FAMA, o local abriga cerca de 1,3 mil obras, entre pinturas, desenhos, gravuras, esculturas e instalações de nomes como Portinari, Tarsila do Amaral, Nelson Leirner, Cildo Meireles, Tunga e Aleijadinho. O espaço foi aberto ao público em junho de 2018. “Já recebemos cerca de 7 mil visitantes e temos feito diversas ações que vão além da própria curadoria, das áreas expositivas e do conteúdo artístico. Isso tem contribuído para o aumento constante de número de visitantes”, destaca Luiza Karam, do museu FAMA. Ela destaca ainda que em setembro está prevista a inauguração de outras salas de exposição.
O local abriga ateliês, ocupações, salas e áreas ao ar livre para a realização de performances, residências artísticas, exposições individuais e coletivas. “O objetivo primordial do museu é disseminar a arte contemporânea e servir como instrumento de transformação e preservação da cultura”, destaca.
 
Museu a céu aberto
Com a proposta de fomentar o turismo de experiência na região, a FAMA inaugurou em julho deste ano a primeira galeria de arte a céu aberto da cidade, o Parque Escultórico Linear. Obras de grandes nomes da arte contemporânea como Marcos Amaro, Gilberto Salvador (da Fundação Cultural e Artística Gilberto Salvador), Caito e Marcello Nitsche (in memoriam) estão dispostas ao longo da Avenida Galileu Bicudo, importante via da cidade.
 
O
Parque é uma parceria entre a FAMA (sede da Fundação Marcos Amaro), a Prefeitura de Itu e a Fundação Gilberto Salvador e conta com cinco obras de grandes nomes da arte contemporânea, dispostas ao longo de uma importante via da cidade. “Com o intuito de formar a primeira galeria de arte a céu aberto da cidade, já estão aprovadas a instalação de mais sete obras, totalizando 12 trabalhos. A ideia é sempre ir renovando e ir espalhando obras por Itu. O Parque é fixo e temos o intuito que expanda”, conta Luiza.
 
Rota de museus
Itu conta ainda com uma rota de museus que recria a rica história da cidade nas diferentes expressões culturais. Dentre eles, o Museu da Energia que está instalado no centro da cidade e conta, em seu primeiro piso, o cotidiano da sociedade do séc. XVII e, no piso superior, a evolução da energia até os dias de hoje. Ainda na região central, a Casa da Praça reúne acervos do Museu de Arte Sacra (MAS) e do Museu e Arquivo Histórico Municipal de Itu (Mahmi), além de oferecer exposições e aulas de violão, desenho e teatro para a população.
 
Além destes, o Museu da Música resgata a tradição musical da região, que remonta a três séculos, desde os mais antigos mestres de capela, às diferentes manifestações populares como as modas de viola, as umbigadas e o famoso samba de terreiro.
Importância histórica
O Museu da República é um local de grande importância histórica para o País. Foi neste sobrado, que no dia 18 de abril de 1873, representantes de um movimento contrário à monarquia, se reuniram para organizar ideias e criar o Partido Republicano. O prédio do início do século 19 mantém as características estruturais da época. A fachada nunca foi modificada. Do lado de dentro, algumas restaurações foram feitas ao longo dos anos, mas as memórias continuam preservadas. Passear pelo local é reviver a formação política do País. O quadro pendurado em uma das salas idealiza o momento da Convenção Republicana, realizada naquela tarde. Em 15 de novembro de 1889, um golpe militar derrubou a monarquia e instaurou a República Federativa e Presidencialista no Brasil. Quem anda pelo museu consegue conhecer um pouco mais dessa história em painéis, exposições e fotos. Desde que foi inaugurado, em 1923, oferece aos visitantes a oportunidade de andar pelos mesmos cômodos por onde passaram importantes personagens da história do Brasil.
Para quem quiser visitar:
Museu Fábrica de Arte Marcos Amaro - FAMA
Endereço: Rua Padre Bartolomeu Tadei, 9, Itu – SP
Visitação: de quarta-feira a domingo, das 10h às 17h
Entrada gratuita
 
Parque Escultórico Linear
Endereço: Avenida Galileu Bicudo - Itu - SP
 
Museu da Energia
Endereço: Rua Paula Souza, 669 – Centro – Itu - SP
Visitação: Terça a domingo das 10h às 17h
Ingresso: R$ 4,00
Telefone: (11) 4022-6832 e 4013-1038
 
Casa da Praça
Endereço: Rua Barão do Itaim, 67 – Centro - Itu - SP
Visitação: De terça a domingo das 10h às 17h
Entrada gratuita
Telefone: (11) 4023-0240 / 4023-6533
 
Museu da Música
Endereço: Rua Floriano Peixoto, 480 – Centro – Itu – SP
Visitação: aos domingos das 11h às 16h. Outros dias com agendamento.
Entrada gratuita
Telefone: (11) 4022-1248

Escrito por:

Kátia Camargo