Publicado 21/09/2019 - 14h46 - Atualizado 21/09/2019 - 15h01

Por Estadão Conteúdo

Crisálida foi criada por Alessandra da Rosa Pinho e dirigida por Serginho Melo

Divulgação

Crisálida foi criada por Alessandra da Rosa Pinho e dirigida por Serginho Melo

No Brasil, cerca de 5% da população tem deficiência auditiva, segundo o Censo 2010, realizado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). São 9,7 milhões de pessoas, sendo que 1,7 milhão apresenta grande dificuldade para ouvir e 344,2 mil são surdas. A barreira de comunicação é inevitável em uma sociedade predominantemente ouvinte e é isso que a série Crisálida retrata.
A produção brasileira é a primeira de ficção bilíngue, na Língua Brasileira de Sinais (Libras) e em português, que estreia em 26 de setembro na TV Cultura. A data é significativa: Dia Nacional do Surdo.
Dividida em quatro episódios, a série vai contar histórias de jovens surdos que enfrentam desafios em uma sociedade desenhada, em sua maior parte, para ouvintes. Esse cenário poderia ser melhor, uma vez que Libras é a segunda língua oficial brasileira desde 2002 pela lei 10.436.
Entre as dificuldades vivenciadas pelos surdos, a produção vai apresentar situações familiares, sociais e psicológicas. O objetivo da série é mostrar que o contato com a língua de sinais é o agente transformador dos envolvidos em um universo visual.
As barreiras de comunicação começam justamente no núcleo familiar, pois cerca de 95% dos surdos são filhos de pais ouvintes, segundo a psicóloga Alessandra Giacomet. A especialista desenvolveu uma tese de doutorado sobre como os surdos observam e interpretam o mundo.
Crisálida, uma produção de Florianópolis, foi criada por Alessandra da Rosa Pinho e dirigida por Serginho Melo. A série é uma parceria entre a Arapy Produções, Raça Livre Produções e TVi Televisão e Cinema. Na TV Cultura, vai ao ar às quintas-feiras a partir das 19h15.
Confira a seguir as sinopses dos quatro episódios da série:
Episódio 1 - Os Surdos Também Amam
Jaks e Morgana desafiam muitos padrões: ele é negro e ouvinte. Ela é branca e surda. O relacionamento entre os dois está em risco permanente.
Exibição: 26/9
Episódio 2 - Boneca que Fala
Valentina e Alan são um casal surdo que enfrenta um enorme conflito: criar a filha ouvinte de quatro anos.
Exibição: 3/10
Episódio 3 - O Direito de Ser Surdo
Rubens é um jovem surdo que aprende Libras à revelia do pai, que o vê como doente. Ele tem que lutar dentro de casa pelo direito de ser surdo.
Exibição: 10/10
Episódio 4 - Lado B
Gustavo criou um projeto incrível, mas como é surdo, ele precisa convencer uma renomada empresa a investir na sua ideia.
Exibição: 17/10

Escrito por:

Estadão Conteúdo