Publicado 06/09/2019 - 06h09 - Atualizado 05/09/2019 - 14h14

Por Do Correio Popular

Os preparativos prosseguem para o grande desfile de amanhã, nas unidades militares

Reprodução

Os preparativos prosseguem para o grande desfile de amanhã, nas unidades militares

JÁ ESTAMOS PREPARADOS PARA O DIA DA PÁTRIA
Já está pronto para o desfile comemorativo ao Dia da Pátria amanhã. Ontem o dia, nas unidades militares, nos estabelecimentos de ensino e demais organizações que deverão participar da grande parada do dia 7 estiveram ultimando os preparativos. As fanfarras ensaiaram os ultimos acordes, para maior brilhantismo do desfile, enquanto que os professores de educação física treinavam seus alunos para a marcha. Nas unidades militares, nada escapou. Os preparativos foram iniciados na ultima segunda-feira e culminaram ontem. Viaturas, tanques, caminhões, e até capacetes de aço receberam tratamento especial. Tudo foi devidamente limpo e pintado. Os problemas relacionados com a segurança tambem foram devidamente estudados, e a demarcação da zona de desfile já está preparada, com os homens da Guarda Civil tendo estudado e re-estudado o fechamento de várias ruas do centro. A Companhia Campineira de Transportes Coletivos tambem já delineou o novo itinerário de seus ônibus urbanos. Está tudo pronto. Só falta agora esperar pelo dia em que se comemora a data magna do Brasil, o aniversário da sua independência.
15 MIL HOMENS NA CAÇA AOS TERRORISTAS
Embora se considere nos meios político-militares que a negociação com os terroristas para resgate do embaixador norte-americano, sr. Buker Elbrick, tenha sido uma solução de "bom senso do governo brasileiro, fala-se que terminada a "operação resgate" deverão ser adotadas medidas enérgicas para coibir a ação revolucionária. Por outro lado, revela-se que cerca de quinze mil homens em todo o território nacional participam na caça aos terroristas-subversivos, fato inédito ocorrido no país.
FISCALIZAÇÃO RIGOROSA NO AEROPORTO DE VIRACOPOS
Duas medidas fora de rotina foram adotadas hoje no Aeroporto de Viracopos, aqui em Campinas. A primeira foi a proibição de aviões executivos (particulares de longo curso) que pousaram no aerodromo, levantarem vôo. A segunda, refere-se aos passaportes. Esses documentos, normalmente, depois de examinados são entregues aos proprios passageiros, momentos antes do embarque. Ontem, porém, passaram a ser entregues dentro do avião a seus portadores, por elementos da Policia Aérea e Maritima.

Escrito por:

Do Correio Popular