Publicado 12/09/2019 - 07h44 - Atualizado 12/09/2019 - 07h44

Por AFP



Em um evento muito esperado e para o deleite de seus muitos seguidores em todo o mundo, o The Okura Tokyo, novo hotel de referência da Hotel Okura Co., Ltd, abriu suas portas ao público hoje.

Este comunicado de imprensa inclui multimédia. Veja o comunicado completo aqui: https://www.businesswire.com/news/home/20190912005439/pt/

Exterior of The Okura Tokyo (Photo: Business Wire)


O Hotel Okura Tokyo original foi inaugurado em 1962 como um hotel de primeira classe que rapidamente se tornou mundialmente conhecido por sua mistura da beleza tradicional japonesa com o melhor em acomodação, culinária e serviços. Ele fechou as portas em agosto de 2015 e, após quatro anos de reconstrução, reabriu hoje como The Okura Tokyo.


Masaharu Naruse, presidente e diretor representante, Hotel Okura Tokyo Co., Ltd., disse: "Tenho orgulho de apresentar nossa nova propriedade de referência, o The Okura Tokyo. Incorporando totalmente uma das principais filosofias do Okura - oferecer "o melhor A.C.S.", ou seja, Acomodação, Culinária e Serviços -, estamos comprometidos em honrar nossa história e nos empenhando para aperfeiçoar ainda mais essa filosofia, para que o hotel seja novamente apreciado por pessoas do mundo todo."


O The Okura Tokyo é a propriedade da principal marca do grupo Hotel Okura. Ele retoma a famosa beleza tradicional japonesa do antigo Hotel Okura Tokyo, bem como sua apreciada simplicidade e elegância, para oferecer uma nova combinação de "luxo tradicional - The Okura Heritage" e "luxo contemporâneo - The Okura Prestige". A criação de duas propriedades separadas reflete a estratégia da empresa de evolução da marca de seus quartos em duas categorias diferenciadas.


Um total de 508 quartos de luxo estão disponíveis em dois edifícios na espaçosa propriedade da Okura no centro de Tóquio, onde cerca da metade dela - 1,3 hectares - é coberta por jardins e vegetação exuberante. O Museu de Arte de Okura também está localizado na propriedade.


O menor dos dois edifícios, o The Okura Heritage Wing, que tem recepção própria, é uma estrutura de 75 metros e 17 andares com vistas refrescantes para jardins e vegetação em três lados. Os espaçosos quartos do The Okura Heritage Wing oferecem áreas generosas de 60 m2 com larguras de 8 m. O The Okura Heritage Wing é um hotel de luxo superior com uma atmosfera japonesa clássica de bom gosto. O adorado restaurante japonês Yamazato está fazendo seu tão esperado retorno aqui, assim como a renomada sala de cerimônias de chá Chosho-an, tornando o The Okura Heritage Wing a escolha perfeita para reuniões especiais em elegantes cenários japoneses.


A Okura Prestige Tower, maior, é uma estrutura de 188 metros e 41 andares, combinando qualidade premium acentuada com estética japonesa refinada. Os quartos começam no 28.o andar; quartos de tamanho padrão medindo cerca de 50 m2 oferecem vistas da metrópole de Tóquio a partir de amplas janelas. No último andar da Okura Prestige Tower, os hóspedes podem apreciar vistas fabulosas da cidade, enquanto fazem refeições no histórico Sazanka, o restaurante teppanyaki revivido do hotel. Além disso, um restaurante aberto o dia todo, o Orchid, apresenta uma mistura de culinária com assentos internos e externos relaxantes, e o Toh-Ka-Lin oferece deliciosa culinária chinesa.


A Okura Prestige Tower está equipada com instalações substanciais para banquetes, incluindo um dos maiores salões de baile entre os hotéis de Tóquio, estabelecendo imediatamente o The Okura Tokyo como um espaço privilegiado para conferências internacionais de prestígio. A Okura Prestige Tower oferecerá acesso à Okura Fitness & Spa para exercícios e relaxamento, tendo como pano de fundo as vistas panorâmicas de Tóquio no 26.o e 27.o andares.


O Museu de Arte de Okura, originalmente criado em 1917 como o primeiro museu de arte de operação privada do Japão, atrairá mais uma vez os amantes da arte do mundo inteiro com uma aclamada coleção, que inclui cerca de 2.500 obras de arte, entre as quais três tesouros nacionais, 13 propriedades culturais importantes e 44 objetos de arte importantes designados pelo governo japonês.


A reconstrução mudou a aparência do hotel; no entanto, muitos dos ornamentos que decoravam o prédio principal original agora adornam o The Okura Tokyo. Após o final de agosto de 2015, quando o hotel encerrou as operações e o saguão principal foi fechado provisoriamente, foi garantido um período de uma semana antes do início do desmantelamento para permitir a avaliação e a quantificação dos artefatos e decorações existentes.


As decorações herdadas do hotel original enfeitam o novo saguão da Okura Prestige Tower, incluindo as distintas luzes de teto hexagonais Okura Lantern, mesas e cadeiras laqueadas dispostas como flores de ameixa, e o mapa do mundo e relógio exibindo fusos horários mundiais. Várias outras decorações foram reproduzidas fielmente para o novo saguão. Estas incluem a tapeçaria de parede de flores de quatro pétalas, um brocado Nishijin originalmente projetado pelo "tesouro nacional humano" japonês Kenkichi Tomimoto, e janelas de papel shoji com trabalho em treliça com padrão de folhas Asanoha-mon.


Os saguões da Okura Prestige Tower foram projetados por Yoshio Taniguchi, renomado arquiteto do Museu de Arte Moderna de Nova York e filho de Yoshiro Taniguchi, autor do projeto do famoso saguão do Hotel Okura Tokyo, mais uma lembrança ao legado do Okura.


Yoshio Taniguchi comentou: "O saguão original projetado por meu pai, Yoshiro Taniguchi, era extremamente popular, por isso fiquei honrado por ter sido convidado a redesenhar o novo saguão principal do Okura Tokyo, sentindo um senso de destino e responsabilidade ao mesmo tempo. Foi um desafio não apenas recriar o antigo saguão principal, mas transformá-lo em algo ainda mais maravilhoso, e espero que o novo saguão principal seja adorado por todos os hóspedes e visitantes do Okura Tokyo por muitos anos. Existem vários tipos de saguões memoráveis, incluindo aqueles cuja sensação e aura evoluíram ao longo do tempo; o novo saguão do Okura Tokyo é remanescente do tempo da abertura do hotel original, há mais de meio século, mas que, do mesmo modo, é esperado que se atualize com o tempo."


O salão Heian acomodará até 2.000 pessoas, tornando-o um dos maiores salões de baile de Tóquio. Motivos da Coleção de poemas japoneses antigos e modernos, um tesouro nacional, decorarão as paredes. O salão também ostenta um sistema audiovisual de primeira classe.

Escrito por:

AFP