Publicado 16/08/2019 - 07h00 - Atualizado 16/08/2019 - 07h00

Por AFP


A Cathay Pacific anunciou nesta sexta-feira a demissão do CEO Rupert Hogg, poucos dias depois do governo da China ter criticado a companhia aérea porque alguns de seus funcionário apoiaram as manifestações pró-democracia em Hong Kong.

Em um comunicado enviado pela Cathay Pacifica à Bolsa de Hong Kong, a empresa afirma que Hogg pediu demissão para "assumir a responsabilidade, como líder da empresa, pelos recentes acontecimentos".

jta/lth/phv/ra/jvb/fp

CATHAY PACIFIC AIRWAYS

Escrito por:

AFP