Publicado 16/08/2019 - 00h45 - Atualizado 16/08/2019 - 00h45

Por AFP


Um jornal chinês fez nesta sexta-feira uma rara referência à repressão na Praça Tiananmen, um tabu na China, para afirmar que uma intervenção armada em Hong Kong não repetirá o massacre de junho de 1989 contra manifestantes civis em Pequim.

O governo em "Pequim não decidiu intervir pela força para acabar com os distúrbios em Hong Kong, mas esta opção - evidentemente - está disponível", destaca o editorial do jornal em língua inglesa Global Times.

Mas mesmo que o governo decida enviar tropas contra os manifestantes, "o incidente em Hong Kong não será uma repetição do incidente político de 4 de junho de 1989", afirma o jornal.

Não há um número oficial da sangrenta repressão na Praça Tiananmen, mas alguns especialistas falam em mais de mil mortos.

bar/lr

Escrito por:

AFP