Publicado 25/08/2019 - 13h57 - Atualizado 25/08/2019 - 13h57

Por Paulo Santana

Igor Henrique marcou um dos gols bugrino deste domingo

Divulgação

Igor Henrique marcou um dos gols bugrino deste domingo

O Guarani lutou muito, mas outra vez saiu de campo derrotado em mais um jogo da Série B do Campeonato Brasileiro. O Bugre saiu em vantagem no marcador, tomou a virada, empatou novamente, mas levou o terceiro gol no finalzinho da partida deste domingo (25), no Estádio Independência, em Belo Horizonte.
Igor Henrique e João Paulo (contra) marcaram os gols bugrino, enquanto Júnior Viçosa (2) e Flávio fizeram para os donos da casa. Com este placar, o time campineiro segue na lanterna e não vence há quatro jogos. Já o Coelho saiu da zona de rebaixamento.
Apesar de estar longe de casa, o Guarani começou impondo seu jogo e, aos 15', abriu o placar. Depois de uma boa troca de passes desde o meio-campo, Igor Henrique recebeu na entrada da área e chutou cruzado. Jori saltou no canto, mas não chegou a tempo para evitar o gol do Bugre: 1 a 0.
Mas a alegria durou pouco. Quatro minutos depois, Leandro bateu escanteio da direita, Felipe Azevendo desviou no meio do caminho e Júnior Viçosa pegou na área pequena. Ele ajeitou e deixou tudo igual no placar: 1 a 1.
O Bugre não se abateu e continuou pressionando, mas o Coelho também estava atento. Aos 29', Felipe Azevedo recebeu livre na direita e chutou cruzado. Diego Giaretta se lançou sobre a bola e desviou pela linha de fundo.
O segundo tempo começou mal para o Bugre. Num lance em que a posse seria do time campineiro, o juiz deu andamento até que a bola jogada na área acertou o braço de Diego Giaretta. Pênalti que Jùnior Viçosa bateu com categoria e virou o jogo, aos 5'. Ele chutou no canto esquerdo de Klever, que pulou no outro lado.
O Guarani não se entregou e foi buscar o empate. Aos 29', Thallyson bateu falta da direita para dentro da área. O lateral-esquerdo João Paulo tentou aliviar o perigo, mas acabou desviando para o fundo do próprio gol: 2 a 2. O juiz indicou gol contra.
Aos 44', Marcelo Toscano bateu falta quase em cima da linha da grande área e Klever rebateu. Na sequência, Paulão pega na direita e cruza. Leandro Silva completa para dentro do gol, mas o juiz assinala impedimento.
Aos 47', no entanto, saiu o gol da derrota bugrina. Depois de jogada pela esquerda, a bola sobrou na entrada da área para Flávio. O jovem atacante bateu firme, no canto, sem chances de defesa: 3 a 2. E poderia ter sido mais, não fosse a participação de Leandro Silva que tirou uma bola em cima da linha do gol bugrino, aos 49'.

Escrito por:

Paulo Santana