Publicado 14/08/2019 - 11h06 - Atualizado 14/08/2019 - 11h07

Por Paulo Santana

Jorginho fez observações durante o treino de ontem para suprir os desfalques do time: intensidade no Dérbi deixa atletas machucados e suspensos

Cedoc/RAC

Jorginho fez observações durante o treino de ontem para suprir os desfalques do time: intensidade no Dérbi deixa atletas machucados e suspensos

Fora de campo, o Dérbi trouxe tranquilidade aos pontepretanos. Mas, dentro das quatro linhas, a intensidade do duelo com o Guarani criou problemas para o técnico Jorginho e acabou tirando quatro titulares do confronto com o Figueirense, amanhã, às 21h30, no Estádio Orlando Scarpelli, em Florianópolis, pela 16ª rodada da Série B do Brasileiro.
E são desfalques de peso. Com contratura na panturrilha, o xerife Renan Fonseca foi vetado ontem. O DM também tirou o lateral-esquerdo Guilherme Guedes, que teve leve estiramento na coxa. O experiente volante Edson desfalca o meio-campo e o artilheiro Roger não poderá ajudar o ataque. Ambos por acúmulo de cartões amarelos.
Ontem, Jorginho observou o lateral-direito Arnaldo, que acaba de retirar o gesso do braço fraturado durante um treinamento há pouco mais de um mês. Ele passou por testes físicos, mas dificilmente terá condições de jogar na vaga de Guedes porque existe o risco de problemas em caso de contato mais forte durante o jogo. Tiago Marques e João Carlos lutam pela vaga de Roger, enquanto Airton é certo na zaga e Washington entra no meio.
Tribunal
Desde domingo circulam informações nas redes sociais sobre suposta denúncia da procuradoria do STJD contra o atacante Roger por provocações aos bugrinos depois do jogo. Oficialmente, nenhum documento foi apresentado na CBF até o final da tarde de ontem.
A súmula do árbitro — documento oficial da partida — não cita qualquer problema. O relatório do delegado, que poderia ser alterado até 48 horas depois do jogo, também não fala sobre o assunto. Informalmente, a assessoria do Tribunal disse apenas que não concorda com qualquer tipo de provocação ou incitação.
Fabuloso
A diretoria do Teresópolis FC, que disputa a Série C do Brasileiro, fez uma proposta para o atacante Luis Fabiano participar de apenas um jogo oficial, no dia 20 de outubro, pela última rodada da fase de classificação da competição.
De acordo com informações da Rádio Tupi, do Rio, empresários ligados ao clube montaram um plano que pretende agitar a cidade e chamar a atenção da mídia mundial. A proposta de jogo único gira em torno de R$ 500 mil, mas pode ser ampliada se o jogador aceitar (ou conseguir) jogar até o final da temporada.
Luis Fabiano treina na Ponte desde o ano passado e não acertou contrato por conta das sérias dores no joelho que já foi operado duas vezes. Ele não atua como profissional desde novembro de 2017.

Escrito por:

Paulo Santana