Publicado 14/08/2019 - 10h58 - Atualizado 14/08/2019 - 10h59

Por Carlos Rodrigues

Luiz Gustavo quer esquecer a derrota:

Letícia Martins/Guarani FC

Luiz Gustavo quer esquecer a derrota: "Sair rápido dessa situação"

A derrota no Dérbi deixa marcas que não são fáceis de cicatrizar, mas o Guarani sabe que é preciso seguir em frente e pensar na sequência da Série B do Brasileiro. Na última posição do torneio, o Bugre volta a campo na sexta-feira, diante do Vila Nova, num confronto direto na luta contra o rebaixamento. Com a chance de deixar o Z4 em caso de vitória e uma combinação de resultados, o time aposta na reação imediata para fazer com que o clima volte a ficar favorável como estava antes do clássico.
Ontem, no primeiro contato com a imprensa após o tropeço contra a maior rival, o zagueiro Luiz Gustavo admitiu a frustração pelo resultado, mas deu o tom de qual deve ser a postura daqui em diante. "Está todo mundo chateado pela derrota, óbvio. Clássico é sempre bom ganhar, mas a gente tem que levantar a cabeça, criar forças para pensar no próximo jogo e voltar a buscar o caminho das vitórias", opinou o defensor.
Para o jogador, o objetivo principal precisa ser deixar a zona de rebaixamento o quanto antes. "Estamos numa posição incômoda, todos sabemos da situação no momento e a gente tem que trabalhar para sair o mais rápido dessa situação. Tem que digerir a derrota para voltar com força total", destaca. "A gente tem que procurar somar pontos para ficar o mais distante dessa zona desconfortável. Jogar para vencer, ainda mais dentro de casa e, dependendo dos outros resultados, sair da última colocação".
Na volta ao Brinco, a expectativa é de cobrança e muita pressão da torcida. Luiz Gustavo reconhece que essa situação é natural e não pode atrapalhar o grupo na partida contra os goianos. "É assim mesmo e a gente tem que saber lidar com essa pressão. Torcedor paga ingresso, tem o direito de cobrar e a gente tem que aceitar. Precisamos de maturidade e consciência que precisamos melhorar para que possa ter os resultados esperados e dar alegria aos torcedores".
No treinamento realizado ontem, o técnico Roberto Fonseca recebeu uma boa notícia. Vetado do Dérbi por conta de uma lesão de grau um na coxa esquerda, o volante Igor Henrique foi liberado pelo departamento médico, participou normalmente da atividade e tem grandes possibilidades de voltar ao time titular no jogo de sexta-feira. Quem também apareceu no campo pela primeira vez após sofrer uma contusão no joelho foi Pablo Armero. No entanto, o colombiano apenas iniciou uma nova etapa do tratamento e só deve ficar à disposição da comissão técnica no início do segundo turno.

Escrito por:

Carlos Rodrigues