Publicado 24/08/2019 - 19h15 - Atualizado 24/08/2019 - 19h15

Por Gilson Rei

Criança recebe camuflagem de soldado do Exército no local da exposição, que fica no estacionamento

Leandro Torres/AAN

Criança recebe camuflagem de soldado do Exército no local da exposição, que fica no estacionamento

Um cenário especial para conhecer atividades militares em comemoração ao Dia do Soldado foi criado no Iguatemi Campinas neste final de semana e estará aberto ao público até as 20h de hoje. Parte do estacionamento foi aberto ao público desde ontem para uma exposição de viaturas do Exército Brasileiro, materiais históricos militares, armamentos, workshops e atividades interativas.
O evento, promovido pela 11ª Brigada de Infantaria Leve em parceria com a Escola Preparatória de Cadetes do Exército (EsPCEx), permite ver de perto viaturas e materiais militares atuais e históricos, próximo ao restaurante Outback, das 12h às 20h.
No shopping, os visitantes poderão participar de diversas atividades interativas, workshops sobre a Força Expedicionária Brasileira (FEB), Batalhão Suez e outras missões de paz e conferir também a apresentação da banda de música da EsPCEx.
Francisco de Assis Bodarti, combatente da 2ª Guerra Mundial, com 97 anos, esteve presente ao evento junto com os expositores da Associação dos Expedicionários de Campinas. Ontem ele contou um dos fatos da guerra. “Lembro-me de estar em um galpão e que os inimigos lançaram uma bomba que explodiu a 20 metros da gente. Espero que nunca mais haja guerra”, comentou.
O combatente elogiou também a exposição. “Muito bom ver essas homenagens para mostrar o papel do soldado e do Exército na vida das pessoas, pois pouco é dito sobre este trabalho digno”, afirmou Bonardi.
Carlos Triebses, piloto de avião, estava neste sábado (23) com a família visitando a exposição e disse que é muito importante poder mostrar para os filhos um pouco do que ele vivenciou no Exército em oito anos de atuação e ver de perto viaturas que o remetem ao passado. “Muito legal. É uma volta ao passado que traz ensinamentos de respeito e responsabilidade”, disse.
O major Alexandre Freitas da Silva destacou o papel do Exército em missões humanitárias, em casos de calamidade, em ações de defesa do País nas fronteiras entre outras. “A instituição está intimamente ligada com a própria origem do povo brasileiro. Mostrar o nosso trabalho é promover uma integração com esta natureza. Muitas pessoas não tem noção ainda de todas as atividades que são feitas pelo Exército, que está muito mais presente na vida das pessoas do que elas imaginam”, afirmou.
O Dia do Soldado, comemorado em 25 de agosto, relembra o nascimento de Luís Alves de Lima e Silva, o Duque de Caxias, Patrono do Exército Brasileiro. Os valores fundamentais para o cumprimento da missão constitucional da Instituição, entre eles o aprimoramento profissional do militar, são preservados, desde os tempos de Caxias, passando pela participação da Força Expedicionária Brasileira (FEB) na 2ª Guerra Mundial e pelos feitos de Rondon pelo Brasil. As inovações tecnológicas conquistadas até os dias de hoje estão a serviço do soldado brasileiro, na defesa da Pátria. 

Escrito por:

Gilson Rei