Publicado 24/08/2019 - 17h11 - Atualizado 25/08/2019 - 12h56

Por Gilson Rei

Agressão ocorereu na parte administrativa da Setec, por volta das 13h30

Divulgação

Agressão ocorereu na parte administrativa da Setec, por volta das 13h30

Uma funcionária da Serviços Técnicos Gerais (Setec) foi baleada e ferida com uma coronhada na cabeça, quando trabalhava no escritório da autarquia, no Cemitério da Saudade, no início da tarde deste sábado (24), por um homem que invadiu o local e fugiu logo em seguida.
A mulher foi socorrida pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e encaminhada até o Hospital Municipal Mário Gatti, onde passou por tomografia e ficou internada.
A Guarda Municipal (GM) informou que um homem manco de uma perna, usando calça jeans e camiseta verde entrou armado no escritório onde funciona a parte administrativa da Setec, por volta das 13h30. Os GMs suspeitam que outras pessoas participaram também da ação, mas não há informações sobre a motivação do crime. Também não há informações de quantos tiros foram dados.
O caso foi registrado no 5º Distrito Policial e a Polícia investiga diversas versões que podem ter levado ao ataque do homem. Entre as opções, investiga-se uma possível vingança do homem, caso ele esteja entre os acusados de furtos de peças, estátuas e objetos de túmulos no cemitério neste ano. Outra hipótese é de tentativa de feminicídio ou de tentativa de latrocínio.
A Prefeitura confirmou, por meio de sua assessoria, que a mulher trabalha na Setec e que foi internada no setor de emergência porque uma bala ficou alojada. Informou também que ela sofreu afundamento do crânio e que poderia passar uma cirurgia, após resultado dos exames. O nome foi mantido em sigilo pela Polícia, Prefeitura, GM e Hospital Mário Gatti.

Escrito por:

Gilson Rei