Publicado 14/08/2019 - 09h42 - Atualizado 14/08/2019 - 09h42

Por Alenita Ramirez

Fiéis detêm assaltante em igreja e acionam polícia

Divulgação

Fiéis detêm assaltante em igreja e acionam polícia

Um caldeireiro de 37 anos foi preso, em flagrante anteontem à noite, após assaltar dois estabelecimentos e invadir uma igreja evangélica, no Parque Universitário, em Campinas. Rodrigo Lima estava armado de um simulacro e foi contido por um grupo de fiéis até a chegada da Polícia Militar (PM). Segundo a polícia, o suspeito estava sob o efeito de drogas e chegou a agredir uma integrante da igreja. Ele já tem passagem criminal por roubo.
Fiéis detêm assaltante em igreja e acionam polícia
A invasão na igreja aconteceu por volta das 21h. No templo religioso havia cerca de dez pessoas que participavam de um culto fechado para obreiros. Segundo um dos fiéis, apesar de o templo estar aberto, o portão estava fechado, mas destrancado. “Quando o vi entrando, fui ao seu encontro e falei que se tratava de um culto fechado. Ele me empurrou e correu para dentro da igreja”, contou um dos responsáveis pela igreja, cujo nome foi preservado.
Segundo a vítima, Lima simulou estar armado e chegou a empurrar uma fiel, de cerca de 50 anos, que caiu sobre uma cadeira e machucou um dos braços. Os fiéis perceberam que suspeito estava desarmado e partiram para cima dele. Uma das vítimas ligou para a PM e como equipes da Rocam já estavam no bairro em busca dele, uma vez que havia denúncias de que um bandido armado tinha atacado dois locais no bairro, o detiveram.
No momento em que os policiais prenderam o caldeireiro, dois comerciantes chegaram no local e o reconheceram como o bandido que os haviam atacado instantes antes. Lima estava com o carro da mulher dele e no veículo, os policiais acharam um simulacro. Ele confessou que havia usado o dinheiro dos roubos anteriores em drogas. O suspeito foi apresentado na 2ª Delegacia Seccional, onde ficou preso.

Escrito por:

Alenita Ramirez