Publicado 22/08/2019 - 06h00 - Atualizado 20/08/2019 - 14h27

Por Do Correio

Figureiros populares apresentarão seis trabalhos na Exposição da VLL Semana Campineira do Folclore

Reprodução

Figureiros populares apresentarão seis trabalhos na Exposição da VLL Semana Campineira do Folclore

Festeja-se hoje em todo o território nacional o Dia do Folclore, instituido com o objetivo de despertar o interesse e o amor pelas pesquisas referentes aos variados aspectos da cultura popular: artesanato, linguagem, lendas, costumes, poesia, culinária, medicina, tudo enfim, que traga a marca inconfundível do povo.
Folclore não consiste apenas no pitoresco, e no curioso, mas tem fôros de ciência, e seu alcance é muito profundo, desde que pelo Folclore que a própria alma do povo pode ser bem conhecida, bem como podem ser preservadas as suas mais caras tradições. Campinas foi incluída oficialmente no roteiro de cidades onde o Folclore é estudado e preservado com desvê-lo. O que ainda nos falta é a sistematização destes estudos. através de um Centro de Estudos Folclóricos, providencia que traria grande incentivo aos temas ligados à ciencia e arte do povo.
FERROVIÁRIOS NA HORA DA COMUNIDADE
Os funcionários da Cia. Mogiana, desde a última segunda-feira, passaram a participar da “hora da Comunidade”, ou seja, do pioneiro e amplo movimento que tomou conta da cidade e região, promovido pelo FEAC — Federação das Entidades Assistenciais de Campinas.
Depois das manifestações e atos de apoio de tantos setores da comunidade os funcionários da Cia. Mogiana não ficaram omissos nem permanecerarn alheios a esta convocação feita pela FEAC. Já com resultados positivos, uma equipe de entrevistadoras está operando junto a todos os departamentos da Cia. devidamente credenciada.
Este trabalho pioneiro de arrecadação de fundos em nome de 22 obras é denominado FUNDO UNIDO, onde cada pessoa descarrega sua contribuição mensal, montante êste, recebido pela FEAC e entregue às obras filiadas.
TANQUES NÃO INTIMIDAM OS TCHECOS
Quinze tanques do exército tchecoslovaco investiram esta noite contra barricadas que obstruíam uma praça de Praga. Um tanque imediatamente seguido de mais 14, derrubou. às 20h25 GMT (17h25 hora de Brasília) uma barricada na Praça Tyl, depois que os manifestantes que a ocupavam lançaram um bonde contra grupos das milícias operárias.
Os manifestantes, que haviam derrubado três bondes na rua próxima a Rumunska, puseram em marcha um deles e o lançaram pela descida da rua contra milicianos que estavam cantando através de alto-falantes e exasperavam os jovens manifestantes.
Às 21h15 GMT, a rua Rumunska estava interceptada perto da Praça por dois tanques, dois carros blindados e destacamentos da polícia e do exército.

Escrito por:

Do Correio