Publicado 22/08/2019 - 20h29 - Atualizado 22/08/2019 - 20h29

Por AFP


Jair Bolsonaro acusou nesta quinta-feira o presidente francês, Emmanuel Macron, de atuar com "mentalidade colonialista" sobre a questão da Amazônia, após convocar os membros do G7 para discutir sobre a "crise" gerada pelos incêndios na região.

"Lamento que o presidente Macron busque instrumentalizar uma questão interna do Brasil e de outros países amazônicos para ganhos políticos pessoais. O tom sensacionalista com que se refere à Amazônia não contribui em nada para a solução do problema".

jm/js/lr

Escrito por:

AFP