Publicado 10/07/2019 - 19h45 - Atualizado 10/07/2019 - 19h45

Por AFP


A Nigéria conseguiu uma vitória dramática de 2 a 1 sobre a África do Sul nesta quarta-feira nas quartas de final da Copa Africana de Nações graças a um gol de William Troost-Ekong aos 44 minutos do segundo tempo, quando tudo parecia levar à prorrogação.

O jogador da Udinese surpreendeu entrando em meio a vários adversários para desviar um escanteio cobrado por Moses Simos na pequena área e decidiu a partida.

Samu Chukwueze, do Villarreal espanhol, abriu o placar para os nigerianos aos 27 minutos, com um chute na área. Após um primeiro disparo que bateu em um jogador adversário, a bola sobrou de novo para Chukwueze mandar para o fundo das redes.

Os sul-africanos empataram (71) por meio de Bongani Zungu, que marcou de cabeça, tocando por cima do goleiro nigeriano.

O gol de Troost-Ekong evitou a prorrogação e deu a vaga à Nigéria, que já foi três vezes campeã da África, a última há seis anos na edição disputada na África do Sul em 2013.

A Nigéria vai jogar nas semifinais, no domingo no Cairo, contra Costa do Marfim ou Argélia, que se enfrentam na quinta-feira pelas quartas de final.

Nigéria e África do Sul haviam eliminado nas oitavas dois dos favoritos desta edição, o defensor do título Camarões e o anfitrião Egito, respectivamente.

bur-ah/dr/aam

Escrito por:

AFP