Publicado 23/07/2019 - 12h06 - Atualizado 23/07/2019 - 12h25

Por Da Agência Anhanguera

Bailarinos Felipe Cedran e Julia Diniz, do Conservatório Campinas competem na categoria dança irlandesa: Desde os anos estudante arte

Divulgação

Bailarinos Felipe Cedran e Julia Diniz, do Conservatório Campinas competem na categoria dança irlandesa: Desde os anos estudante arte

Os bailarinos campineiros Júlia Diniz e Felipe Cedran, do Conservatório Campinas, e o Corpo de Dança Simone Bosco (CDSB) foram selecionados para competir no 37º Festival de Dança de Joinville, o maior da América Latina em número de participantes, que começou dia 16 e prossegue até 27 de julho.
Júlia e Felipe formam o duo de sapateado irlandês que compete na categoria juvenil. A apresentação do duo leva o nome de Entre Sem Bater, com coreografia de Priscila Soares. Já do CDSB foi selecionada a coreografia Caboclinhos, de Danilo Donizete e Simone Bosco, que obteve na primeira seletiva a média 9,12 dos juízes técnicos no estilo Danças Populares Brasileira na categoria Sênior. O Grupo é formado por 24 bailarinos e conta com o apoio da Art Center Academia, local onde acontecem os ensaios do grupo.
Julia Diniz e Felipe Cedran, ambos com 14 anos, são estudantes do 9º ano e fazem aulas de dança irlandesa, ballet, street dance, canto, teatro e teatro musical desde os sete anos no Conservatório Campinas.
Dirigido pela coreógrafa Simone Bosco, a CDSB participa de Festivais de Dança em todo o País desde 1998, tendo sido premiada várias vezes com trabalhos de Estilo Livre e Danças Populares. Simone lembra que para esta viagem o grupo realizou rifas, festas do Dia das Mães, Julina, Aulão Junino, apresentação na Festa Junina do Condomínio Rio das Pedras, Vaquinha Online, além do patrocínio de amigos que têm comércio na Vila Padre Anchieta, bairro em que está instalada a academia.
“Para nós foi uma grande luta, fizemos vaquinha e campanha nas redes sociais para angariar fundos e lá vamos ficar em uma casa, com despesas em hospedagem e alimentação, sem contar que cada bailarino custeou sua viagem”, diz Simone. A coreografia Caboclinhos é inspirada na música Chegança, de Antonio Nóbrega. Foi a primeira colocada do Festival Internacional de Inverno de Mogi Mirim, Arte, Dança e Entretenimento (Fiimade), realizado no início de julho
Desde 2005 o Festival de Dança de Joinville é considerado o maior festival de dança do planeta em número de participantes e segundo o Guinness Book, é também o único entre os grandes festivais mundiais a reunir uma grande diversidade de gêneros, como o balé clássico, clássico de repertório, contemporâneo, jazz, sapateado, danças populares e danças urbanas, apresentados por escolas, grupos e companhias de dança do Brasil e do exterior.
Participantes de todo o país e do exterior viajam à Joinville para concorrer na Mostra Competitiva, se apresentar no Meia Ponta ou nos Palcos Abertos que se espalham pela cidade. O evento reúne cerca de 7 mil participantes diretos e atrai público equivalente a 230 mil pessoas durante os onze dias de Festival.

Escrito por:

Da Agência Anhanguera