Publicado 01/08/2019 - 06h00 - Atualizado 31/07/2019 - 14h21

Por Do Correio

O nôvo Cine Jequitibá, já em fase final de obras

Reprodução

O nôvo Cine Jequitibá, já em fase final de obras

NO PRESENTE MÊS, NOSSOS NOVOS CINEMAS
Campinas ganha êste mês dois novos cinemas: "Jequitibá" e "Regente", casas de espetáculo de alto gabarito, que virão preencher uma lacuna existente no setor em nossa cidade, e que diz respeito a cinemas de primeira ordem, que com poucas exceções, não existem na cidade. O Cine Jequitibá, (ex-Cine Voga) é da Emprêsa Campineira de Diversões Ltda. e o Cine Regente, do circuito da Empresa Campineira de Cinemas Ltda. Ambos já em fase final de obras, deverão ser entregues ao público no decorrer deste mês. Quem foi ao Cine Voga, um cinema que teve seu período áureo na década de 50, não vai conseguir reconhecer o velho e acanhado cinema com o novo Cine Jequitibá, que surgiu no lugar do primeiro. Já na sala de espera e saguão o aspecto é totalmente novo.
 
PESOS E MEDIDAS: FISCALIZAÇÃO AGE NA CIDADE
Os feirantes e comerciantes que se utilizam de balanças, proprietários de postos de gasolina, e motoristas de táxis de Campinas que se cuidem. A fiscalização do Instituto de Pesos e Medidas do Estado de São Paulo está agindo para valer nesta cidade. Ontem, o próprio superintendente do organismo filiado à Pasta do Trabalho, esteve em Campinas para comandar uma batida fiscalizadora às feiras livres, estabelecimentos comerciais e postos de abastecimento. O superintendente do Instituto chegou cêdo a Campinas, reunindo seus vários fiscais e viaturas especializadas para a batida.
 
AMARAL PEDE REEXAME DA LEI DE APOSENTADORIA
Fala-se que o ministro Jarbas Passarinho mandou suspender a publicação da nova legislação sôbre as aposentadorias, tendo em vista a repulsa geral em todo o País do critério de fixação do prazo de 36 meses para o cálculo do benefício, que irá compelir o assalariado a aposentar-se com proventos bem inferiores ao salário vigente por ocasião do requerimento de aposentadoria. Por essa razão o deputado campineiro Francisco Amaral, presidente da Comissão de Legislação Social da Câmara Federal, enviou ontem memorial ao ministro Jarbas Passarinho, pedindo reexame da matéria.

Escrito por:

Do Correio