Publicado 26/07/2019 - 06h00 - Atualizado 25/07/2019 - 14h31

Por Do Correio

As professoras reunidas no G.E. Correa de Melo

Reprodução

As professoras reunidas no G.E. Correa de Melo

EXTENSÃO DO ANALFABETISMO EM CAMPINAS
A Prefeitura está realizando desde 24 de julho e até 1.o de agôsto de 1969, uma pesquisa educacional visando conhecer a natureza, dimensão e características do analfabetismo no Município de Campinas, para a sua erradicação e integração dos analfabetos no seu meio social. Está sendo realizada por, aproximadamente, 180 professoras que estão divididas em seis grupos de trabalho sob a chefia do prof. dr. Alfonso Trujillo Ferrari. Essa pesquisa está recebendo todo o apoio do prefeito dr. Orestes Quércia e do secretário da Educação e Cultura que, pessoalmente, estão acompanhando o desenvolvimento dos trabalhos. A amostra polietápica compreenderá 3.000 entrevistados e dará a Prefeitura o resultado que necessita para a instalação de Cursos de Alfabetização de Adolescentes e Adultos, nos locais onde o índice de analfabetos assim exigir.
 
SUMARÉ, UM ANO DEPOIS DO CENTENÁRIO
Sumaré completa hoje o seu centésimo primeiro aniversário de fundação. Já passou um ano depois que aquela cidade comemorou 100 anos de fundação. E agora, no seu segundo século, Sumaré começa a crescer mais ainda, graças ao dinâmico trabalho de seu povo e de seus administradores. A cidade se envolveu numa extraordinária onda de progresso, porque seus filhos desenvolveram, e desenvolvem ainda um estupendo trabalho. Mais particularmente, essa onda deve-se àqueles que, escolhidos pela vontade soberana do povo, por intermédio do voto democrático, receberam o pesado fardo de dirigir para o desenvolvimento, os primeiros passos de um Município infante.
 
HOMEM PODE IR A MARTE DENTRO DE UM ANO
Se as sondas marcianas norte-americanas Mariner 6 e 7 transmitirem informações interessantes sobre Marte, os Estados Unidos poderiam mandar um astronauta ali dentro de menos de um ano, revelou ontem Wernher Von Braun. O pai do Saturno-5, que propulsionou a Apolo-11 à Lua, indicou isso num discurso aos doze mil empregados do Centro Espacial de Huntsville, onde se constrói o enorme foguete. O cientista confirmou assim palavras do vice-presidente dos Estados Unidos, Spiro Agnew, o qual declarou que o próximo objetivo espacial norte-americano teria que ser Marte.

Escrito por:

Do Correio