Publicado 28/06/2019 - 06h00 - Atualizado 27/06/2019 - 14h20

Por Do Correio

O grande número de moradores do núcleo residencial da Boa Vista que de bom grado receberam a notícia do asfaltamento

Reprodução

O grande número de moradores do núcleo residencial da Boa Vista que de bom grado receberam a notícia do asfaltamento

PAVIMENTAÇÃO NA BOA VISTA COMEÇA NA TÊRÇA
O prefeito municipal estêve ontem à noite, na Vila Boa Vista, núcleo residencial construído pela COHAB-Campinas há algum tempo, a fim de anunciar aos seus moradores, oficialmente, que na próxima têrça-feira, dia 1.o de julho, será iniciado a pavimentação de ruas daquêle bairro. Lá se encontrava grande número de populares que de bom grado receberam a notícia. No mesmo local o prefeito Orestes Quércia assinou a autorização à firma empreiteira dos serviços que deverão abranger inicialmente as ruas de maior demanda, atendendo setores importantes, como o futuro grupo escolar já em construção pela Prefeitura, a Igreja e o centro comercial local. Receberão a camada asfáltica 10.960 metros quadrados, numa extensão de aproximadamente 1.500 metros de ruas.
 
PASSARINHO DEFENDE INTEGRAÇÃO DA AMAZÔNIA
Defendendo a Integração da Amazônia através de um trabalho consciente e bem planejado, e focalizando todos os aspectos regionais, principalmente o geofísico e o geo-econômico da região, o ministro Jarbas Passarinho, pronunciou na tarde de hoje, na Universidade de Brasília, uma conferência, dando prosseguimento à série de palestras programadas pelo "Curso de Estudos Brasileiros". Depois de fazer várias referências à história da Amazônia, desde as incursões de Pedro Teixeira que, viajando pelo Rio Amazonas, atingiu a fronteira da Colômbia, até a incorporação do hoje Estado do Acre ao Brasil, o titular do Trabalho passou a discorrer sôbre as dificuldades que a região apresenta.
 
CHILE NACIONALIZOU MINA DE COBRE DA ANACONDA
O presidente chileno Eduardo Frei anunciou na noite passada, aqui, a nacionalização das minas de cobre da Anaconda Company, através da compra de suas empresas filiais no Chile. O primeiro mandatário chileno, através da rede nacional de rádio-emissoras e televisão, salientou que tudo foi feito após longos estudos, "que nos permitiram agir de maneira responsável e sem improvisações". As negociações para chegar à “nacionalização” das minas cupríferas de Anaconda se iniciaram no dia 2 do corrente e foram levadas a efeito, por incumbência do presidente Frei, pelos ministros da Fazenda e de Minas do Chile e três altos executivos da Anaconda.

Escrito por:

Do Correio