Publicado 07 de Abril de 2018 - 22h11

Por Paulo Santana

Elenco do Guarani erguendo a taça da Série A2

Leandro Ferreira/AAN

Elenco do Guarani erguendo a taça da Série A2

Com uma atuação de encher os olhos, o Guarani goleou o Oeste, por 4 a 0, neste sábado, no Estádio Brinco de Ouro, e conquistou o título da Série A2 do Campeonato Paulista. O Bugre, que já tinha feito a melhor campanha nas fases anteriores, dominou a partida e foi coroado com a conquista construída com belos gols de Bruno Mendes, Bruno Nazário, Rondinelly e Caíque.

Depois do retorno à divisão de elite após cinco temporadas, o Bugre também assegurou presença na Copa do Brasil do ano que vem (o clube não disputa este torneio desde 2014) e ainda faturou o prêmio de R$ 280 mil. O Oeste, que também subiu para a Série A1, levou R$ 170 mil. O jogo teve recorde de público com 17.721 pagantes no estádio.

O Guarani teve maior posse de bola e comandou as ações durante quase todo o primeiro tempo. A primeira jogada de perigo começou pela esquerda e terminou em gol. Erik dominou e lançou Marcílio em profundidade, que ajeitou e tocou para o meio da área. Bruno Mendes, de letra, marcou um golaço, aos 17'.

O segundo quase saiu aos 28'. Em jogada que começou no campo de defesa, Erik recebeu na entrada da área. Ele abriu espaço diante dos defensores e bateu cruzado. O goleiro William segurou firme.

Em desvantagem no marcador, o Oeste resolveu sair de campo de defesa. Aos 32', Raphael Luz recebeu na área, aplicou drible curto em Philipe Maia e chutou. Bem posicionado no meio do gol, Bruno Brígido segurou.

O Oeste cresceu no final. Aos 39', o goleiro bugrino fez duas grandes defesas. A primeira no arremate de Raphael Luz e, depois, na batida de Bonilha de fora da área. A bola entraria no canto, não fosse a bela defesa de Brígido.

O segundo tempo começou equilibrado, mas logo o Guarani voltou a impor seu melhor estilo de jogo. Manteve a postura bem organizada no meio do campo e sua defesa seguia fazendo a sua parte sem grandes sustos para o goleiro. O ataque, por sua vez, mostrou toda sua qualidade marcando gol de todo jeito.

O segundo gol veio em uma jogada de habilidade do atacanter Bruno Nazário, aos 21'. Ele dominou com estilo na direita, driblou Leandro Amaro, avançou até próximo da linha da grande área e bateu com categoria no canto. Sem chances de defesa para o goleiro, Bugre: 2 a 0.

O terceiro saiu aos 30'. Depois do lançamento da direita para a esquerda, Rondinelly avançou com velocidade entre os zagueiro e com uma cavadinha consciente. Mais um golaço bugrino, que começou a construir uma bela goleada de 3 a 0.

E ainda teve tempo para mais um. Aos 43’, Caíque, que tinha acabado de entrar em campo, completou de cabeça o cruzamento que veio da direita. Mais festa no Brinco, que viu a despedida do ídolo Fumagalli com 307 jogos pelo clube campineiro.

Baixe o poster do Guarani aqui:

Time do Guarani em partida contra o Oeste, pela final do Campeonato Paulista da Série A2, no estádio Brinco de Ouro da Princesa, em Campinas, interior de São Paulo

 

Escrito por:

Paulo Santana