Prefeitura de Sumaré vai doar animais do zoo

iG Paulista - 10/06/2014 - 09h34 |
Diogo Almeida | igpaulista@rac.com.br

No zoológico, vidros estão quebrados e portas estão fechadas
Foto: Camila Moreira/ AAN
No zoológico, vidros estão quebrados e portas estão fechadas
A Prefeitura de Sumaré decidiu doar os 62 animais de 15 espécies controladas pelo Instituto Brasileiro de Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), que ainda permanecem no Zoológico Municipal Henrique Pedroni, abandonado há pelo menos dois anos. A doação será para órgãos interessados.
 
Entre as espécies estão arara-canindé, cachorro-do-mato, cágado, carcará, jabuti, jacuguaçu, macaco-prego, mutum-de-penacho, papagaio-verdadeiro, preguiça, tartaruga-tigre-d'água e tartaruga-tigre-d'água-de-orelha-vermelha.

 A medida foi a solução encontrada após ter as obras de reforma do espaço, que já estão concluídas, classificadas como fora dos padrões exigidos pelo Ibama e Centro de Fauna Silvestre em Cativeiro.
 
Agora, o espaço será transformado em zoológico de animais domésticos, e abrigará espécies não controladas, como pavão, faisão, ovelha, marreco, pônei e muitos outros.
 
Segundo a Prefeitura, a mudança no conceito foi necessária para não ter que devolver R$ 2 milhões investidos pelo Ministério do Turismo.
 
 
 
 
“Sou a favor da mudança, pois esses animais devem ficar em santuários”. Anderson Paulino, de 34 anos, analista de sistemas
Créditos: Camila Moreira/ AAN