ENTREVISTA

Jornalista de Americana lança livro em Campinas

Luiz Biajoni traz a público a obra 'A Comédia Mundana - Três Novelas Policiais Sacanas'

06/12/2013 - 09h00 | João Nunes/Especial para o Correio
correiopontocom@rac.com.br

Foto: Divulgação
O escritor Luiz Biajone, que nasceu e mora em Americana: novelas
O escritor Luiz Biajone, que nasceu e mora em Americana: novelas

Em 2007, o jornalista Luiz Biajoni viveu uma experiência inusitada: disponibilizou na internet seu livro 'Sexo Anal - Uma Novela Marrom' (2004/2005), teve 20 mil downloads e conseguiu despertar a atenção do cineasta Marcelo Laffitte, diretor de 'Elvis e Madona' (2010). O desafio era escrever um romance a partir do filme. Biajoni topou e o livro saiu em 2010, pela Língua Geral. Antes, ele publicou 'Virgínia Berlim' (2007), hoje, esgotado. Agora, a mesma Língua Geral reúne a primeira publicação a dois outros textos em 'A Comédia Mundana - Três Novelas Policiais Sacanas'. O livro será lançado nesta sexta-feira (6) em Campinas. Luiz Biajoni, que nasceu e mora em Americana e atua como jornalista, concedeu ao Caderno C a seguinte entrevista:

Caderno C — Um tanto do título, o ambiente de uma redação de imprensa marrom, a arte retrô da capa e nomes de alguns personagens (Fraguinha, por exemplo) remetem de alguma maneira a Nelson Rodrigues. Você concorda?

Luiz Biajoni — Sim. Os diálogos com reticências também são dele. Ele é uma referência, mas não a única. Não gosto de referências explícitas, embora o nome do livro seja uma (Balzac), relacionada com a divisão de três partes, como na 'Divina Comédia'. Acredito que seja possível absorver influências e criar algo original, que é o que eu tento. Tem indicadores de outros escritores ali, mas a leitura tem que apontar para algo fresco.

Quais seriam esses outros escritores?

Rubem Fonseca, mas gosto de grandes narradores que não tem relação imediata com o espírito deste livro, como Jim Dodge, Tom Wolfe ou John Irving.

Você não tem medo do palavrão, das expressões chulas nem do sexo explícito. Qual a fronteira entre o sacana do subtítulo e o pornô que se vê no texto?

O palavrão e o pornô não são mais o que eram. O palavrão está incorporado, vemos crianças falando, vemos no horário nobre da TV, estamos todos perdendo o medo das palavras e acho isso bom. O pornô não é só o sexo explícito, são as mais hediondas expressões do sexo que se pode encontrar na internet. O sexo faz parte das nossas vidas e tento colocar isso no romance de maneira natural. É um livro para adultos que não tem medo das palavras ou do sexo.

Em dado momento da primeira novela (na segunda também), o repórter Geraldo Assis afirma que conta as histórias que a polícia e o jornal desejam e que o público ignorante quer ler e chama de hipócrita quem não vê isso. Este retrato cínico é também um pouco seu jeito de ver o mundo?

O livro ia ter uma dedicatória assim: “Para todos os hipócritas, meus irmãos”. Há uma pretensão neste livro que é de levar para a literatura o universo do jornalismo marrom e do sensacionalismo dos programas de TV, que exploram o crime, o sexo e as celebridades. Esses programas recortam a realidade, mas também dizem algo sobre elas. Espero que meu livro também. Mas eu não diria que o repórter Geraldo Assis me representa.

São três novelas, mas interligadas, de modo que se lê, na verdade, um romance cuja estrutura lembra o folhetim. Este foi outra de suas fontes?

Tenho grande respeito pelo folhetim, mas acho que a comunicação é mais com o romance de banca de jornais, tanto que a capa de Benício da Fonseca traz sua personagem Brigitte Montfort disfarçada — ela que estampou mais de 500 capas de livros da série 'ZZ7'. A literatura pulp, rápida. Mas espero não ter sido tão raso quanto a maioria desses livros, já que muita gente diz que a capa era melhor que o livro. No meu caso, acho que os dois ficaram bacanas.

Serviço

Lançamento do livro 'A Comédia Mundana - Três Novelas Policiais Sacanas', de Luiz Biajoni

Nesta sexta-feira (6), das 18h30 às 21h30

Na Livraria da Vila - Galleria, Shopping (Rodovia D. Pedro I, s/n) - Campinas. Telefone: (19) 3706-1200)

Preço do livro: R$ 45,00

 



Comentários(0)

Conforme Termo de Uso, comentários com conteúdo inadequado e spam poderão ser removidos a critério do Correio.com

Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Leia os termos de uso

Tempo Agora   Cinema   Horóscopo   Estradas e Aeroportos   Trânsito
cadastre-se e continue lendo
Este é o seu 10º acesso ao site do Correio Popular
neste mês. Para dar continuidade a suas leituras,
cadastre-se gratuitamente agora. É fácil e rápido,
basta clicar em "quero me cadastrar". Ou se preferir,
faça a sua assinatura e garanta seu acesso sem
restrições.

cadastre-se e continue lendo
cadastre-se e continue lendo
cadastre-se e continue lendo
Saiba mais.
O melhor e mais completo conteúdo
da RMC está aqui!
O melhor e mais completo conteúdo
da RMC está aqui!
Cadastre-se e continue tendo acesso ao melhor
e mais completo contéudo da RMC.
NOME:
SOBRENOME:
E-MAIL:
SENHA:
REPETIR SENHA:
Quero receber notícias e comunicações do Correio Popular

cadastre-se e continue lendo