JUSTIÇA DE SP

Campineira ganha ação para receber remédio de R$ 7 mil

A paciente não teria condições de custear o medicamento usado no tratamento de esclerose múltipla

24/01/2013 - 08h05 | Moara Semeghini
moara.semeghini@rac.com.br

Uma moradora de Campinas de 30 anos conseguiu, por meio de ação judicial, o direito de ter acesso a um novo medicamento usado no tratamento de esclerose múltipla. A cada caixa do remédio Gilenya, fabricado pelo laboratório Novartis, custa R$ 7 mil. A liminar concedida pela Justiça de São Paulo obriga a Secretaria Estadual de Saúde a fornecer o novo medicamento em até 10 dias. 

A autora da ação, diagnosticada com a doença, não tem condições de custear o medicamento que não é distribuído pela rede pública de saúde. O remédio é recém comercializado no Brasil e nos Estados Unidos é prescrito desde 2012. 


De acordo com Thomás Figueiredo, advogado da paciente, o Juiz da 4ª Vara da Fazenda Pública do Foro Central de São Paulo, que concedeu a medida liminar, considerou a relevância do fundamento alegado está demonstrada pelo dever do Estado na assistência à saúde da população, bem como no receituário médico que prescreve a necessidade de utilização do medicamento para o tratamento.


A Secretaria Estadual de Saúde de São Paulo informou que até o presente momento não foi notificada da decisão, mas adiantou que assim que o for, entrará com recurso. 


Esclerose múltipla

Segundo estatísticas do Ministério da Saúde, cerca de 24.000 pessoas são acometidas pela doença. Na cidade de São Paulo, o número de casos de esclerose múltipla aumentou em cinco vezes de 2002 a 2009. Atualmente, são 15 casos para cada 100 mil habitantes.



Comente
Nome:      E-mail:  
Cidade:      Profissão:  
Informe o resultado do cálculo abaixo:
 
   Não divulgar meu email
Comentário:
Quantidade de toques disponíveis: 500
Clique aqui e veja todos os comentários(1) dessa notícia


Comentários
  • Em 26/06 as 14h22 por:Ana Cunha
    ESTOU COM UMA FILHA COM A DOENÇA E O SUS NEGROU ESTE MEDICAMENTO PARA MINHA FILHA, NÃO SEI O QUE FAZER E COMO COMERÇAR PARA ENTRAR NA JUSTIÇA , PARA MINHA VIM A TER A MEDICAÇÃO. EU DESESPERADA E SÓ DEUS VAI ME AJUDAR. MAS VOU ATRAS DOS MEUS DIREITOS E DE MINHA FILHA COMO CIDADÃ...ALGUEM ME ORIENTE POR FAVOU!! OBRIGDA!
Tempo Agora   Cinema   Horóscopo   Estradas e Aeroportos   Trânsito