CAMPINAS

Contra reintegração, manifestantes fecham Saudade

Mais cedo, cerca de 150 pessoas protestaram no trevo do Anel Viário Magalhães Teixeira

15/01/2013 - 07h08 | Correio Popular

Foto: Maria Shana Pereira/ Correio Popular
Manifestantes bloquearam os dois sentidos da rodovia
Manifestantes bloquearam os dois sentidos da rodovia

Os manifestantes que bloquearam o trevo de acesso ao Anel Viário Magalhães Teixeira, próximo a entrada para Valinhos, na manhã desta terça-feira (15), seguiram em marcha e protestaram em frente a Câmara Municipal de Campinas, na Av. da Saudade.

Um grupo de 50 pessoas tentou entrar na Câmara, mas foi barrado porque o expediente começa às 12h. Os vereadores Pedro Tourinho, Gustavo Petta, Carlão do PT, Carlinhos Camelô receberam o grupo no gabinete para uma reunião. 


Foto: Érica Dezonne/ AAN
Manifestantes seguiram em passeata até a Prefeitura de Campinas
Manifestantes seguiram em passeata até a Prefeitura de Campinas
A manifestação é contra a reintegração de posse marcada para essa quinta-feira (17) de duas ocupações em Campinas, uma no Jardim Samambaia e outra na Chácara Buriti. 


O grupo seguiu, em marcha, para a Prefeitura Municipal de Campinas, para se reunir com o prefeito Jonas Donizette. Os manifestantes estão acompanhados de um advogado que procura uma negociação junto ao prefeito para as famílias.  

Ao chegar na Prefeitura de Campinas, os manifestantes receberam a notícia que não seriam recebidos pelo secretário de Assuntos Institucionais da cidade, Wanderlei de Almeida. Segundo os manifestantes o secretário aceitou conversar somente com os advogados e vereadores que representam os manifestantes.

Com o posicionamento do secretário, os manifestantes se dirigiram para a frente da Prefeitura e com gritos e palavras de ordem protestam no Paço Municipal.

 

Pela manhã

Cerca de 150 pessoas protestaram com bloqueio no trevo de acesso ao Anel Viário Magalhães Teixeira, próximo ao acesso a Valinhos, na manhã desta terça-feira (15). A manifestação era contra a reintegração de posse, marcada para essa quinta-feira (17), de duas ocupações em Campinas, uma no Jardim Samambaia e outra na Chácara Buriti.

Segundo a Polícia Militar (PM), os manifestantes bloquearam os dois sentidos da rodovia e queimaram pneus no local. A manifestação começou às 6h30. Foi registrado 5 km de congestionamento nos dois sentidos da rodovia.

Os manifestantes liberaram a via por volta das 9h e seguiram para a Prefeitura para tentar uma negociação.

O motorista que seguia pela rodovia Anhanguera também encontrou dificuldades no acesso ao trevo.


 



Comente
Nome:      E-mail:  
Cidade:      Profissão:  
   Não divulgar meu email
Comentário:
Quantidade de toques disponíveis: 500
Clique aqui e veja todos os comentários(3) dessa notícia


Comentários
  • Em 15/01 as 18h31 por:Fabio Silva
    50 inuteis, começaram a fazer zona as 06:30 da manhã. Pq a policia permitiu q isso durasse tanto, gerando impacto la no trevo de Valinhos, por conta das pessoas que precisavam ir trabalhar??? Não faz sentido. só 50 imbecis conseguiram impactar centenas e centenas de pessoas????
  • Em 15/01 as 16h24 por:geraldo
    Meia duzia de gatos pingados param a cidade......e o direito da grande maioria da população? Quem zela pelo direito dos que não tem nada a ver com esses vagabundos?????
  • Em 15/01 as 11h56 por:Humberto
    Parabéns ao poder público. Têm que fazer valer a lei. Antigamente a prefeitura de Campinas, passava o trator nessas ocupações irregulares e não tinha favela. Quem quer pessoas sem qualificação na Cidade? Tem que fazer como os municípios ao redor Valinhos, Vinhedo Jundiaí, Estimular a construção de galpões industriais, empreendimentos, bairros planejados e apartamentos populares. Será que o Oziel já não foi uma lição suficiente?
       


Tempo Agora   Cinema   Horóscopo   Estradas e Aeroportos   Trânsito