Publicado 15 de Maio de 2021 - 5h30

Depois de uma primeira edição de sucesso, o cantor e compositor Moacyr Luz vai repetir a dose com segunda live Luz & Blanc, que homenageia o grande parceiro Aldir Blanc, que morreu dia 5 de maio em decorrência da Covid-19. Dessa vez, o repertório contará com composições mais raras e pérolas guardadas no baú. A transmissão ocorre hoje, dia 15, às 19 horas, no perfil do músico no Instagram (@moaluz).

"Foram 23 anos de amizade e parceria. Temos mais de 100 músicas gravadas. Ficou muita coisa de fora.... Não tinha como ficar em uma live só. Tem muita história para contar também", comenta Moa.

Farão parte do repertório canções como Samba pro Geraldo, que Moacyr gravou no álbum Batucando, em 2009, Remanso, gravada por Maria Bethânia em 2013, para o disco Tua, Feito o mar, registrada pela madrinha Beth Carvalho em 1991 para o álbum Intérprete, Mandingueiro, gravada por Leny Andrade, entre outros intérpretes, e Rainha Negra, também gravada por Bethânia em 1992 para disco Olho d’água.