Publicado 09 de Maio de 2021 - 19h05

Escrita por Arthur Azevedo no início do século 20 e encenada pelo elenco da Oficina de Atores, a peça musical O Mambembe retrata, de forma satírica e burlesca, os costumes populares. A história se desenrola a partir da necessidade de Frazão, um pequeno empresário teatral quase falido, de encontrar uma primeira atriz para sua companhia que sairá em turnê em breve. É uma obra que aborda a luta da classe teatral, desde sempre, na busca da sobrevivência, enfrentando dificuldades de patrocínio e o preconceito contra a atividade artística alternativa e independente. Para subsistirem durante a excursão os atores da Cia Frazão precisam representar um drama escrito pelo presidente da câmara da cidade em que se encontram, o coronel Pantaleão, um personagem vaidoso e pretensioso, metido a escritor e detentor do dinheiro.

Na elaboração da trilha musical foi feita ampla pesquisa dos ritmos da época: polca, lundu, maxixe, choro brejeiro, valsa, scottish, toada, folia. Amanhã, às 20h e domingo, às 19h, na Sala dos Toninhos, na Estação Cultura (acesso pela Rua Francisco Teodoro, 1.050, Vila Industrial). Entrada franca.