Publicado 07 de Maio de 2021 - 19h05

A propósito do comentário de sexta-feira, o pouco caso da maioria das TVs e programas com o merchandising, o SBT, via Marcelo Parada, seu diretor comercial, informa que a área de Branded Content foi inteiramente reformulada “com o intuito de proporcionar o melhor envolvimento possível das marcas com os seus conteúdos”. E destaca como exemplos:

1) a ação integrada do quadro Comprar é bom, levar é melhor, game totalmente gravado dentro de uma loja de departamentos, já indo para a 4ª temporada;

2) todas as ações integradas criadas para o Programa da Maisa, pensadas, desenvolvidas e implantadas na TV e plataformas digitais;

3) os inúmeros formatos criados para Fábrica de Casamentos, um êxito de vendas e audiência.

Ressalta ainda que, dada a importância e significado desta ação, “um produto nobre”, o SBT tem procurado tratar sempre de forma inovadora e criativa.

Bom que assim seja. Mas, como se vê, ainda tratamos com casos de exceção. Antes, a citação à Globo, SBT agora.

E quanto às demais?