Publicado 05 de Maio de 2021 - 5h30

O cineasta Afonso Poyart, responsável pela direção da primeira e segunda (ainda inédita) temporadas da série Ilha de Ferro, produção da Globoplay com Cauã Reymond, não irá trabalhar na terceira, caso esta ainda esteja nos planos da plataforma de streaming. Por causa de Ilha, Poyart acabou sem tempo para se dedicar a projetos direcionados ao cinema, no Brasil e no exterior, e pretende retomá-los agora. Um dos roteiros é sobre a tragédia do Bateau Mouche, naufrágio ocorrido em 31 de dezembro de 1988 na Baía de Guanabara. Ao todo, 55 pessoas morreram, entre elas, a atriz Yara Amaral. Voltando a Ilha de Ferro, os textos da terceira temporada começaram a ser desenvolvidos por sua equipe de roteiristas, mas ainda há sérias dúvidas se realmente a Globoplay dará sinal verde para as gravações. No caso de aprovação, a ideia é contar com Marina Ruy Barbosa no elenco. A atriz, após duas novelas seguidas, ficará um bom tempo afastada deste segmento de trabalho, porém, se colocou à disposição da série. Tudo, no entanto, irá depender da viabilização ou não da próxima edição, porque Ilha de Ferro possui um alto custo de produção. E no caso de a Marina se pronunciar sobre gravidez, os planos também sofrerão mudança.