Publicado 05 de Maio de 2021 - 11h46

Por Lucas Rossafa/Correio Popular

Brinco de Ouro da Princesa

Diogo Zacarias/ Correio Popular

Brinco de Ouro da Princesa

O Guarani entra em campo nesta quarta-feira para o reencontro diante da Ponte Preta, no Estádio Moisés Lucarelli, a partir das 21h, em duelo válido pela sexta rodada do Campeonato Paulista. Embalado por três vitórias nas quatro últimas rodadas, o Bugre, no principal momento até aqui na temporada, desafia a Macaca com meta de carimbar classificação às quartas de final do torneio regional.

Na vice-liderança do Grupo D com 14 pontos, quatro à frente do Santos e a duas rodadas do fim, Alviverde depende de vitória simples no Majestoso para avançar ao mata-mata, no qual vai enfrentar o Mirassol, já garantido matematicamente com 17. Outro aspecto importante é a quebra do tabu, que já perdura 12 anos na casa do rival. O último resultado positivo do Alviverde em território inimigo foi em junho de 2009, quando fez 1 a 0, com golaço de Caíque, pela Série B do Campeonato Brasileiro, sob comando de Oswaldo Alvarez.

Com treinamento ontem à tarde, no Brinco de Ouro da Princesa, o Guarani concluiu a preparação para o clássico. Em trabalho mais leve em meio à maratona de jogos, Allan Aal esboçou escalação com duas mudanças em relação à vitória diante do Novorizontino, no último domingo.

A expectativa é de que o treinador opte pela entrada de Eliel na lateral-esquerda e de Índio como segundo volante, substituindo Bidu e Rodrigo Andrade, respectivamente — dupla recebeu cartão vermelho por trocar socos após desentendimento. Na primeira linha, Aal vai manter Pablo, novidade na escalação do final de semana, com Éder Sciola e Mateus Sciola no banco de reservas.

A comissão técnica ainda ampliou a lista de relacionados para desafiar a Ponte Preta e dá espaço para os garotos revelados nas categorias de base. O zagueiro Titi, o volante Pedro Acorsi e o meio-campista Caio Henrique são as novidades da delegação durante a concentração no hotel.

Novo titular do sistema defensivo, Thales reforçou confiança no Guarani para enfrentar a Ponte Preta, nesta quarta-feira, no Dérbi 199, no Estádio Moisés Lucarelli. Em entrevista coletiva virtual, o zagueiro adotou discurso otimista sobre o Bugre surpreender no clássico, mesmo como visitante, e sepultar o tabu de 12 anos no Majestoso. "É um grande clássico. A gente sabe da importância do jogo. Então, vamos trabalhar e pensar na nossa classificação e somente nisso. Então, nós vamos chegar lá, dar o nosso melhor, conseguir a vitória, que é importante, e sair de lá classificado, se Deus quiser", disse Thales.

Escrito por:

Lucas Rossafa/Correio Popular