Publicado 07 de Maio de 2021 - 13h59

Por Ângelo Barioni/Correio Popular

Times brasileiros têm desempenho dominante na fase de grupos da Libertadores. Na quarta-feira, o São Paulo empatou com o Racing por 0 a 0 e o Internacional goleou o Olimpia por 6 a 1. Com isso, apenas o Tricolor Paulista, entre o times brasileiros, não venceu nesta rodada da Libertadores. Na terça, Palmeiras, Santos, Flamengo e Atlético-MG ganharam seus jogos. Enfim, aproveitamento de 75% na atual edição do torneio continental. Em 20 jogos, foram 14 vitórias, 3 empates e 3 derrotas.

Invencibilidade

A Libertadores, em sua fase de grupos, é dividida em oito chaves. Em sete delas, há clubes brasileiros e em seis a liderança pertence a times brasileiros. É um dado que reforça a supremacia do futebol do País no continente.

Palmeiras (A) e Flamengo (Grupo G) se destacam na turma por causa do aproveitamento de 100% até agora, em três jogos.

São Paulo (E) e Atlético-MG (H) também estão invictos e têm, cada, duas vitórias e um empate.

"Vitória da superação, organização e da entrega. Cumprimos o que foi planejado para o jogo. Dérbi não se joga, se ganha” (Fábio Moreno,  treinador da Ponte Preta)

Retrospecto

Após a vitória de quarta-feira da Ponte Preta por 3 a 1 no Dérbi 199, o time ultrapassou o Guarani no números de gols. Em todos os jogos já realizados a Macaca marcou 267 gols contra 266 do Bugre.

Retrospecto 2

No número de vitórias, a Ponte Preta pode se igualar ao Guarani no próximo confronto. Hoje, a Macaca tem 66 vitórias, o Bugre 67 e o número de empates é de 65. O dérbi campineiro está bem equilibrado.

Dérbi 200

O próximo confronto entre os rivais campineiros já tem data programada: será dia 18 ou 19 de junho pela 5ª rodada da Série B, segundo tabela básica da competição.

Alegria

O técnico Fábio Moreno não esteve em campo no dérbi, devido a suspensão, mas postou nas redes sociais uma mensagem de parabéns. O treinador disse que foi uma grande atuação, que o time está em construção e que evoluiu. Ele finalizou "Derbi não se joga, se ganha. Vamos, Ponte".

Atacante

Moisés brilhou na vitória contra o Guarani por 3 a 1 e marcou dois gols. O jogador melhorou de rendimento após a renovação de contrato com a Ponte até 2024 e a compra feita pelo clube campineiro.

Isenção

A entrevista coletiva de Allan Aal causou certo desconforto em parte da torcida do Guarani após derrota no Dérbi 199. O treinador, em cerca de 18 minutos de respostas à imprensa, não assumiu a responsabilidade pelo revés diante da Ponte Preta.

Indagado

Muito foi questionado, inclusive nas redes sociais, a falta de Aal 'abraçar' o elenco neste momento delicado pela derrota no clássico local e, publicamente, apontou os principais defeitos apresentados no Moisés Lucarelli.

Culpado

Além de citar falta de intensidade e velocidade, Allan reconheceu mau desempenho de Davó no dérbi. O detalhe interessante é que o camisa 30, mesmo apagado, foi autor do gol de honra no segundo tempo.

Eleito

Os bugrinos mais efusivos também não perdoaram a atuação do Guarani e não pouparam críticas ao elenco. Índio, ex-volante da Ponte Preta, substituto imediato de Rodrigo Andrade, foi o principal questionado.

 

Novo treinador

O técnico Fernando Diniz é o novo comandante do Santos. Poucos minutos antes do início do clássico com o Palmeiras, Diniz aceitou oferta e assumiu o lugar deixado por Ariel Holan. O treinador estava livre no mercado desde fevereiro, quando deixou o São Paulo.

 

Eliminatórias

A seleção brasileira já sabe os dias e horários dos dois próximos confrontos pelas Eliminatórias para a Copa do Mundo do Catar, em 2022. Nesta quinta-feira, a Conmebol informou que o duelo com o Equador, no Beira-Rio, será no dia 4 de junho, às 21h30. O jogo contra o Paraguai será no dia 8, no mesmo horário, em Assunção. Após quatro rodadas disputadas, o Brasil soma 12 pontos, dois a mais que a Argentina, enquanto o Equador soma nove e o Paraguai tem seis. Quatro seleções se classificam diretamente para o Mundial.

Escrito por:

Ângelo Barioni/Correio Popular