Publicado 08 de Maio de 2021 - 15h20

Por Estadão Conteúdo

Pioneiro da fotografia experimental no Brasil e veterano do histórico Foto Cine Clube Bandeirante, o fotógrafo German Lorca morreu neste sábado, 5, em São Paulo. Ele tinha 98 anos.

Nascido em São Paulo, em 1922, ele se formou em ciências contábeis, mas fez história na fotografia. Em 1949, passou a integrar o icônico Foto Cine Clube Bandeirante.

São dessa época fotografias que se tornaram célebres como Malandragem (1949), À Procura de Emprego (1951) e Apartamentos (1952). Em 1954, o fotógrafo oficial das comemorações do IV Centenário da Cidade de São Paulo.

German Lorca retratou a cidade, as cenas da vida cotidiana, e, ao mesmo tempo, ele se dedicou à fotografia de publicidade. Atuante até o fim, German Lorca ganhou uma grande exposição em 2016, no Sesc Bom Retiro, que resumia seus 60 anos de carreira e mostrava, pela primeira vez, suas fotografias coloridas.

Escrito por:

Estadão Conteúdo