Publicado 05 de Maio de 2021 - 22h45

Por Estadão Conteúdo

O legado de Paulo Gustavo vai além do humor, o ator também deixou uma dose de esperança para os brasileiros que sofrem de câncer. De acordo com o Padre Julio Lancellotti, Paulo Gustavo contribui com R$ 1,5 milhão para a construção e manutenção de uma unidade de oncologia das Obras Sócias da Irmã Dulce (Osid).

Em uma publicação no Instagram, o religioso revelou que, embora muita gente não saiba, o humorista foi grande benemérito da Osid, doando R$ 600 mil para a construção do centro de tratamento para pacientes com câncer. Ele ainda fez questão de visitar o local quando as obras ficaram prontas, em 2017, e seguiu contribuindo para a manutenção do centro.

De acordo com Maria Rita, a sobrinha da Irmã Dulce, que é superintendente da Osid, Paulo Gustavo seguiu ajudando financeiramente a instituição e suas doações somam R$ 1,5 milhão.

Ator, humorista, diretor e roteirista, Paulo Gustavo morreu nesta terça-feira, 4, aos 42 anos em decorrência de complicações da covid-19. Ele estava internado desde o dia 13 de março, em um hospital no Rio

de Janeiro - e foi intubado menos de 10 dias depois da internação.

O ator, que passou a maior parte do tratamento em estado muito grave, havia apresentado alguma melhora no fim de semana. No domingo, 2, porém, ele teve uma embolia, insuficiência cardíaca e lesões cerebrais devido a uma fístula broncovenosa, uma espécie de abertura entre os pulmões e as veias. A morte do artista foi anunciada às 21h12 do dia 4 de maio.

"Hoje, Paulo Gustavo faleceu, que na Sua infinita misericórdia, o Senhor o acolha, e que a Santa Irmã Dulce interceda pela salvação da sua alma", finaliza o post do Padre Julio Lancellotti.

Escrito por:

Estadão Conteúdo