Publicado 28 de Abril de 2021 - 19h05

A Prefeitura de Cosmópolis confirmou ontem o primeiro caso confirmado do novo coronavírus na cidade. A vítima é uma mulher, de 24 anos, profissional da área da saúde que trabalha em um hospital de Campinas. O município era o único da Região Metropolitana de Campinas (RMC) que ainda não havia sido afetado pela pandemia — agora, todas as 20 cidades da região possuem ao menos um caso confirmado.

Enquanto Cosmópolis registrou o primeiro caso positivo, Monte Mor divulgou ontem a primeira morte em decorrência da doença. A vítima é um homem, de 69 anos, que estava internado desde o dia 10 de abril no Hospital Estadual de Sumaré, com quadro renal agudo. O idoso chegou a ser encaminhado para a Unidade de Terapia Intensiva (UTI). O exame teve positivo no dia 22 de abril e a morte ocorreu três dias depois.

Quem também confirmou mais uma morte foi Campinas. Trata-se de um idoso de 82 anos, com comorbidades. O óbito ocorreu em 20 de abril, em um hospital da rede pública. Foi a 13 morte provocada pelo novo coronavírus na cidade. O total de infectados aumentou para 274, dos quais 214 se recuperaram, 25 seguem internados e 22 estão em isolamento domiciliar.

A RMC conta com pelo menos 586 pessoas infectadas e 38 mortes causadas por Covid-19. Além de Campinas, há mortes em Hortolândia (6); Indaiatuba (5); Americana (3); Valinhos (3); Itatiba (2); Monte Mor (1); Nova Odessa (1); Paulínia (1); Santa Bárbara d’Oeste (1); Sumaré (1) e Vinhedo (1). Depois de Campinas, Indaiatuba (46), Hortolândia (43), Americana (41), Sumaré (34) e Vinhedo (25) são as cidades da região com maior número de casos confirmados de coronavírus. (Henrique Hein/AAN)