Publicado 27 de Abril de 2021 - 17h24

Um motorista de ônibus urbano foi demitido após agredir um passageiro com um chute no peito, no sábado, cena que foi flagrada pelas câmeras de segurança do veículo e por celulares dos passageiros. Ao receber o golpe, o passageiro caiu da escada do coletivo e ficou praticamente desacordado na calçada por alguns minutos, enquanto o ônibus arrancava do local, sem que o motorista o socorresse. O caso aconteceu na região da Vila Industrial, próximo ao Centro de Campinas.

De acordo com o Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros da Região Metropolitana da cidade (Setcamp), o motorista já foi demitido e uma sindicância foi aberta junto à concessionária para apurar o ocorrido. “A atitude do funcionário é inaceitável e a transportadora esclarece que repudia todo e qualquer tipo de violência”, diz a nota do Setcamp.

O ônibus onde aconteceu a agressão é o da linha 404, que liga o Jardim Maria Rosa ao Terminal Central de Campinas.

Segundo testemunhas, o motivo da discussão, que acabou em agressão, foi uma informação possivelmente equivocada sobre o itinerário do coletivo, que estaria numa placa do ônibus.

Nas imagens, é possível ouvir o momento em que o motorista fala para o passageiro descer e, em seguida, dá um forte chute nele, jogando-o para fora do coletivo. A agressão foi perto de um ponto na Avenida João Jorge, a mesma via onde fica o Comando da Polícia Militar da região de Campinas.

A Empresa Municipal de Desenvolvimento de Campinas (Emdec) também investiga o caso e reforça que a relação entre funcionários e usuários do transporte precisa ser pautada pelo respeito e diálogo. A Emdec orienta ainda que, em caso de violência, a vítima deve registrar Boletim de Ocorrência na Polícia.

Até a tarde de ontem não havia ocorrência policial registrada pela vítima. Não há informação de que o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) ou Corpo de Bombeiros tenha sido chamado para atender a vítima de agressão.