Publicado 23 de Abril de 2021 - 13h31

Por AFP

A França registrou entre 9 e 15 de abril cinco novos casos de trombose atípica associada com a vacina da AstraZeneca, mas nenhum deles levou à morte, segundo as autoridades de saúde.

As pessoas que sofreram este efeito tinham uma idade média de 63 anos, informou a Agência Francesa de Medicamento (ANSM). Desde 19 de marzo, a vacina da AstraZeneca contra a covid-19 é aplicada na França somente em maiores de 55 anos.

Desde o início da campanha de vacinação, 3,2 milhões de doses da AstraZeneca foram aplicadas. No total, houve 27 casos de trombose, dos quais 8 levaram à morte.

"A tipologia de casos declarados é idêntica a do último balanço", informou a ANSM, destacando que entre os 27 casos, 13 eram mulheres e 14 homens.

Devido aos raros casos de trombose detectados na Europa especialmente entre a população mais jovem após uma vacinação com o imunizante da AstraZeneca, muitos países decidiram suspender seu uso até uma certa idade.

A Agência Europeia de Medicamentos (EMA) afirmou nesta sexta-feira que uma revisão da vacina da AstraZeneca mostra que seus benefícios aumentam com a idade e que superam os riscos.

abd/app/tjc/aa

Escrito por:

AFP