Publicado 19 de Abril de 2021 - 19h30

Por AFP

O Tribunal Constitucional da Síria recebeu nesta segunda-feira (19) as primeiras candidaturas possíveis para as eleições presidenciais de 26 de maio, que parecem destinadas à vitória de Bashar al-Assad, após duas décadas à frente do país.

Os presidenciáveis poderão apresentar as suas candidaturas até 28 de abril perante as autoridades judiciárias, que irão analisar se reúnem as condições exigidas, como o apoio de 35 dos 250 deputados do Parlamento, praticamente todos membros do Baath, de Assad.

"O Tribunal Constitucional informou o Parlamento das candidaturas" de dois homens, relatou a agência de notícias oficial síria Sana.

Um deles é ex-deputado, enquanto o outro já tinha concorrido nas eleições de 2014, embora a sua candidatura não tenha sido aceita por não cumprir com as condições exigidas.

As eleições serão realizadas nos territórios controlados por Damasco, ou seja, em dois terços do território sírio.

Asad, de 55 anos, ainda não anunciou sua candidatura nas segundas eleições realizadas desde o início da guerra em 2011, que causou mais de 388.000 mortes.

O presidente sírio ganhou as eleições de 2014 com 88% dos votos, superando apenas dois outros candidatos, considerados fantoches para validar uma eleição denunciada pela oposição.

mam/tgg/bek/tp/am

Escrito por:

AFP