Publicado 02 de Março de 2021 - 14h15

Por Luiz Roberto Saviani Rey/ Correio Popular

A segunda-feira começou em alta combustão em todo o país, depois que 16 governadores divulgaram carta em resposta às críticas e posturas antissanitárias de Jair Bolsonaro no fim de semana. A frase mais forte do documento aponta para a ineficácia das ações no combate à covid 19: “Prioridade parece ser criar confrontos”. Entre os signatários, estão comandantes de estados aliados do presidente, o que dá um tom dramático à situação da ingovernabilidade quanto ao trato da pandemia.

Amigos, pero no mucho

Entre os que deram aval às queixas contra Bolsonaro, estão o governador interino do Rio de Janeiro, Cláudio Castro (PSC) e os governadores de Goiás, Ronaldo Caiado (DEM) e Ratinho Junior (PSD), do Paraná. “Mais uma vez o governo usa instrumentos de comunicação oficial, bancados por recursos públicos, para produzir informações distorcidas, gerar iterpretações equivocadas e atacar governos locais”, afirma o documento.

"Depois de um ano difícil, senti que precisava descansar", Jean Loureiro, prefeito de Floripa sobre viagem a Cancun.

FAKENEWS OUT

Ítalo Hamilton Barioni, Presidente Executivo do Grupo RAC/Correio Popular, fala hoje sobre as fakenews e seus males, em palestra na Câmara Municipal de Campinas. Às 10h30, em audiência pública para a campanha contra as falsas notícias.

CORTESIA?

A mídia campineira se agitou ontem pela manhã, com a informação de que o secretário estadual da Educação, Rossieli Soares, encontrava-se em reunião com o prefeito Dário Saadi, no quarto andar dos Jequitibás.

CORTESIA? 2

Correria e pega-pega de repórteres, mas ninguém viu o secretário. A informação da assessoria de Dário foi de que Rossieli veio a Campinas apenas para uma visita de cortesia. Veio conhecê-lo e ao secretário José Tadeu Jorge.

***

Em política, visitas de cortesia para um cafezinho inexistem. Podem esperar que vêm novidades por estes dias, em termos de medidas e protocolos para a educação.

MEETING

Foi marcado para o dia 8 de março, segunda-feira,no Palácio dos Bandeirantes, na capital, o encotro entre vereadores campineiros, liderados pelo presidente da Câmara, Zé Carlos (PSB), e representantes do governo do Estado.

MEETING 2

Na pauta da conversação com o secretário estadual de Desenvolvimento Regional, Marco Vinholi, os vereadores irão pletear maiores recursos para o combate à covid-19 - como vacinas, leitos e equipamentos de proteção.

***

Zé Carlos quer aproveitar a agenda para pedir a Doria a construção de creches e de mais uma unidade da Polícia Militar.

REGABOFE

A visita de Pazuello a Campinas, na sexta-feira, foi, ao que parece, absolutamente fora dos propósitos sanitários. O ministro visitou o Laboratório Síncroton, almoçou e permaneceu algum tempo em restaurante da cidade.

RENDA

A bancada do PT na Câmara divulgou ontem nota de protesto contra as ações da Prefeitura no combate à covid-19. Para Paolla Miguel, Cecílio Santos e Guida Calixo, faltam políticas de proteção à economia popular e de transferência de renda para os trabalhadores.

RENDA 2

Já o PSOL, de Paulo Bufalo e Mariana Conti, quer a adoção de Renda Básica.

ENCHENTE

Carlinhos Camelô, vereador do PSB, aprovou Moção para o estado ampliar a vazão do córrego do Jardim Samabaia.

Escrito por:

Luiz Roberto Saviani Rey/ Correio Popular