Publicado 02 de Março de 2021 - 12h50

Por AFP

A cônsul do Panamá na Colômbia, Telma Deleise Barria, e dois parentes morreram quando o carro em que viajavam foi arrastado numa enchente em uma área rural no sudoeste do país, informaram as autoridades nesta terça-feira.

Na "bacia alta do rio Frío", no departamento de Huila, a corrente "arrastou um veículo oficial com placa RML-620 que transportava (...) a Cônsul da República do Panamá na Colômbia, Telma Deleise Barria Pinzón, seu marido e diplomata Pedro Cantillo, a senhora Nania García, parente do casal e duas outras pessoas que foram resgatadas ilesas", disse o governo local em um comunicado.

O acidente ocorreu por volta das 19h de segunda-feira e quatro horas depois as agências de socorro encontraram o corpo da diplomata. Os outros dois corpos foram encontrados na manhã desta terça, disse o secretário do governo de Huila, Franky Vega, à Blu Radio.

Segundo o responsável, as cinco pessoas dirigiam-se para um "local de descanso", cujo acesso só é possível através da travessia do afluente.

"O Ministério das Relações Exteriores lamenta a morte da Cônsul do Panamá na Colômbia e de seu marido. Enviamos nossa solidariedade a seus familiares, colegas e amigos neste momento difícil", disse o Ministério das Relações Exteriores no Twitter.

As chuvas torrenciais que atingem a regiçao estão relacionadas ao La Niña, um fenômeno natural que resfria de forma incomum as águas do Pacífico e fortalece os ventos alísios.

O evento, que segundo os meteorologistas é recorrente, embora não seja periódico, é o oposto do fenômeno conhecido como El Niño, que aumenta a temperatura do oceano.

lv/rsr/mr

Twitter

Escrito por:

AFP