Publicado 02 de Março de 2021 - 10h00

Por AFP

A Nigéria, o país mais populoso da África com 200 milhões de habitantes, recebeu nesta terça-feira (2) cerca de 4 milhões de doses das vacinas contra a covid-19, financiadas pelo dispositivo Covax, cujo objetivo é abastecer os países de baixa renda, constaram jornalistas da AFP.

Este é o primeiro lote das 16 milhões de doses da AstraZeneca/Oxford que devem chegar na Nigéria nos próximos meses, onde os profissionais da saúde e as profissões de risco serão os primeiros a serem vacinados, a partir de sexta-feira, informaram as autoridades.

"As vacinas começarão na sexta-feira com as profissões de risco", declarou à AFP o porta-voz presidencial Garba Shehu, acrescentando que o presidente e o vice-presidente também receberão uma injeção no sábado.

"É um grande dia para a Nigéria", disse o diretor da agência nacional encarregada dos programas de imunização, Faisal Shuaib. "Trabalhamos duro para estarmos preparados para administrar a vacina nos trabalhadores da saúde".

A Nigéria quer vacinar ao menos 70% dos maiores de 18 anos nos próximos dois anos, um número que parece muito ambicioso devido aos desafios de segurança e logística neste país imenso e densamente povoado, com duras condições climáticas e estradas difíceis.

A Nigéria tem até esta terça-feira 156.017 casos de covid-19, dos quais 1.915 morreram. Esses números, no entanto, estão subestimados, já que a quantidade de testes realizados é baixa.

bur-spb/sba/pc/zm/aa

ASTRAZENECA

Escrito por:

AFP