Publicado 01 de Março de 2021 - 10h50

Por AFP

Duas especialistas independentes da ONU pediram, nesta segunda-feira (1), uma investigação internacional sobre o envenenamento, em agosto do ano passado, do principal opositor russo, Alexei Navalny, e exigiram sua "libertação imediata".

"Dada a resposta inadequada das autoridades nacionais e do uso de armas químicas proibidas (...), acreditamos que uma investigação internacional deve ser realizada com urgência para apurar os fatos e esclarecer todas as circunstâncias que envolveram o envenenamento de Navalny", disseram em comunicado Agnès Callamard, relatora especial para execuções extrajudiciais, sumárias ou arbitrárias, e Irene Khan, relatora especial para a promoção e proteção da liberdade de opinião e expressão.

apo/vog/pc/mar/mr

Escrito por:

AFP