Publicado 22 de Fevereiro de 2021 - 19h05

Já de alguns anos, a dramaturgia da Globo acabou com a festa de gravar todo começo de novela fora do Brasil. Tudo era armado pelos autores, para justificar um início na Itália, Portugal, Holanda..., enfim, destinos dos mais diferentes e pitorescos. Até o Japão entrou na conta. Era a GloboTur funcionando em seu mais pleno vapor. Uma festa. A partir de um determinado instante, porém, foi decidido dar um basta.

Tudo passou a ser feito no Brasil, em seus próprios estúdios mesmo, quando necessário usando dos recursos hoje disponibilizados para colocar a imagem de qualquer lugar. Até na Lua, se por acaso alguém entender necessário. Caso de exceção ou não, nota da Cristina Padiglione, no Agora, recentemente publicada, revela que a novela da Lícia Manzo, substituta de Amor de Mãe, terá cenas em Praga, na República Tcheca. Mas, segundo ela, nada que lembre a folia do passado. Será uma comitiva das mais reduzidas.